News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 13 de Junho de 2021

Livre

"A EDUCAÇÃO AMBIENTAL É FUNDAMENTAL PARA CONSCIENTIZAR A POPULAÇÃO DE PORTO VELHO SOBRE A IMPORTÂNCIA DE UTILIZAR A ÁGUA TRATADA" DIZ LUCIANO WALÉRIO

De acordo com Luciano Walério, em um primeiro momento, é necessário realizar a Educação Ambiental, conscientizando as pessoas sobre a importância de ter água tratada.
Segunda-Feira, 18 de Abril de 2016 - 09:24

A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) e a Secretaria de Municipal de Meio Ambiente (Sema) preveem a formalização de parceria para que Porto Velho tenha 100% de água tratada, conforme ficou estabelecido entre os diretores da Companhia, Luciano Walério (Administrativo e Financeiro) e Fabrício Ferreira de Lima (Comercial e Negócios), e o secretário municipal de Meio Ambiente, Edjales Benício,  na reunião que acontecera, em 8 de abril, para estabelecer as estratégias de abordagem junto à população portovelhense.

De acordo com Luciano Walério, em um primeiro momento, é necessário realizar a Educação Ambiental, conscientizando as pessoas sobre a importância de ter água tratada. "A contaminação dos poços é uma questão de saúde pública e a parceria a ser estabelecida com a Sema será fundamental para os trabalhos de Educação Ambiental", declarou.

Ele esclareceu que a opção da parceria, com essa secretaria, deve-se ao fato de  que "os dois órgãos públicos estão afinados com o meio ambiente”.

Edjales Benício enalteceu a importância de somar os esforços, pois as equipes da Educação Ambiental realizarão palestras nas escolas públicas e privadas, e os funcionários da Caerd, que participam dos mutirões de fiscalização, poderão reforçar as informações sobre a importância de os moradores de Porto Velho utilizarem a água tratada.

Em outro momento, o foco será a fiscalização, cujo intuito é verificar a existência de  fossa próxima ao poço. " As pessoas precisam entender que não se pode ter perfurado uma fossa séptica próximo ao poço", esclareceu o secretário.

Com relação às empresas, ele informou que a Sema é responsável pelo licenciamento e também serão fiscalizadas.

 OBRAS

"Há uma grande preocupação por parte da Companhia: a existência de muitas residências ou comércios com poços amazonas e ou semi-artesianos, os quais podem estar contaminados. Por isso, é necessário que a população compreenda a importância de o imóvel estar interligado à rede de distribuição de água da Caerd", disse o diretor comercial, Fabrício de Lima.

Além disso, ele explicou que a legislação determina a interligação no ramal (rede de distribuição) do Sistema de Abastecimento de Água.

Na reunião, Fabrício de Lima destacou o início das obras de saneamento previstas para maio e que elas sejam concluídas nos próximos três anos. "Já foi assinada a Ordem de Serviço para a implantação do Sistema Sul (esgotamento sanitário), que atenderá 50% da população", informou.

Fonte - CAERD Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.