News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 08 de Maio de 2021

Livre

PARENTE CAI NO GOLPE DO FALSO SOBRINHO E PERDE R$ 5,7MIL

estelionatário pediu que fosse depositada a quantia de R$ 1.200,00 numa conta em nome de Jeise Fernanda Fer Sil, e o comerciante acionou um irmão que estava em Porto Velho.
Segunda-Feira, 29 de Fevereiro de 2016 - 15:36

Um comerciante de Ouro Preto do Oeste caiu no golpe do falso sobrinho, também conhecido por golpe do “carro quebrado” ou “Bença tio”, após receber ligações de um golpista que, se passando por seu parente, dramatizou uma estória de que havia sofrido um acidente em Mato Grosso, e precisava de dinheiro para pagar o conserto do veículo.

O golpista envolveu dois irmãos no estelionato e os fez efetuar quatro depósitos bancários, em quatro contas diferentes, totalizando a quantia de R$ 5.700,00. A vítima de 46 anos, que possui um comércio no Jardim Bandeirantes, caiu nesse tipo de golpe motivado pela vontade de ajudar o familiar, acreditando que o parente estava passando por momentos de dificuldade.

Na primeira ligação, o golpista ligou para o comerciante se identificando como sobrinho dele, disse que estava vindo de Goiás para Rondônia fazer uma surpresa para a família, acabou se acidentando próximo à cidade de Comodoro, no Mato Grosso, por isso precisava de uma recarga para o celular 62-9491-9698 no valor de R$ 50,00, sendo prontamente atendido.

Em seguida, o estelionatário pediu que fosse depositada a quantia de R$ 1.200,00 numa conta em nome de Jeise Fernanda Fer Sil, e o comerciante acionou um irmão que estava em Porto Velho. Comovido com a situação simulada pelo golpista, o irmão em viagem efetuou o depósito. Posteriormente, o irmão que estava na capital foi acionado novamente pelo falso sobrinho, e como não tinha mais dinheiro na conta ligou para a vítima em Ouro Preto do Oeste explicando a situação, e pediu que ela depositasse mais dinheiro, pois era um caso de “vida ou morte”. O comerciante então depositou em Ouro Preto mais R$ 1.500,00 numa conta em nome de Jéssica dos Reis Alves.

O estelionatário ligou de novo, aumentou o grau de dramatização, e desta vez pediu a quantia de R$ 3.000,00. O comerciante providenciou mais dois depósitos de R$ 1.500,00 cada, nas contas em nome de Grazielly Ramos Santos e Kelvin de Amorim Silva. Os quatro depósitos mais a recarga de celular somaram quantia de R$ 5.750,00.

Mais tarde, com a cabeça fria, o comerciante decidiu ligar para a irmã que mora em Goiás, e obteve a informação que seu sobrinho estava na cidade e outra pessoa estava se passando por ele, mas já era tarde porque os depósitos já haviam sido feitos.

Fonte - jaru online

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.