News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 05 de Maio de 2021

Livre

16 MIL DEFICIENTES VISUAIS AGUARDAM EM FILA POR UMA MÁQUINA BRAILLE

Cristiano Gomes conta que atualmente existem mais de 16 mil alunos cadastrados na fila para receber a máquina
Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2016 - 10:13

As máquinas Braille são muito caras e inacessíveis para grande parte da população deficiente visual. Para melhorar esse cenário, a Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual (Laramara), por meio de uma parceria com escolas SENAI, conseguiu nacionalizar as máquinas Braille, diminuindo os custos em cerca de 50%.

Em entrevista ao programa Cotidiano, o gestor de Projetos e Parceiras da Laramara, Cristiano Gomes, conta que a máquina Braille já existe há mais de 60 anos no mundo, mas no Brasil, ela foi nacionalizada há 12 anos.

O gestor relata ainda que custo nos Estados Unidos é em torno de 6 mil dólares, mas no Brasil, com a nacionalização, o valor caiu para algo em torno de R$2.500. No entanto, esse valor ianda é inacessível para grande parte da populaçaão com deficiência visual no país. Por esse motivo, diz ele, os alunos cegos estão indo para as escolas somente como ouvintes, porque sem essa máquina, eles não conseguem se alfabetizar.

Cristiano Gomes conta que atualmente existem mais de 16 mil alunos cadastrados na fila para receber a máquina, e faz um apelo ao governo e às pessoas físicas e jurídicas que façam doações. As doações podem ser descontadas do Imposto de Renda. Além disso, explica que as escolas que atendem pessoas com deficiência podem se cadastrar no Ministério da Educação e solicitar esses equipamentos. Já as empresas ou pessoas físicas que queiram patrocinar por meio do Imposto de Renda podem procurar a Laramara parar serem orientadas.

Fonte - ebc

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.