News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 09 de Maio de 2021

Livre

O QUE LULA PENSAVA EM 1999 SOBRE CORRUPÇÃO E SOBRE RENÚNCIA

Na época, quando os petistas denunciavam todos os dias mazelas no governo FHC (nunca comprovadas, aliás), Lula pedia que ele tivesse a grandeza de renunciar ao mandato.
Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2016 - 09:06

“O que é triste nesse governo é que uma coisa,  que não tinha há dois anos atrás, começa a ter agora que é, sabe, a marca da corrupção de muita gente no governo. Todo dia sai uma pela imprensa, é uma pena que se demora em apurar nesse país, demora muito para apurar. Por que eu não defendo a tese da renúncia? Sabe por quê? Porque eu tenho certeza que um dia o PT vai ganhar a eleição neste país. E eu não quero que amanhã alguém faça com o PT a tentativa de apressar o fim do nosso mandato. Eu prefiro que o Fernando Henrique crie coragem e assuma o papel de Presidente da República e cumpra aquilo que ele prometeu durante as eleições, até porque num processo, nessa brincadeira de renúncia... Toda vez que acontece um golpe, não é a esquerda que sobe. Então, eu sou muito cauteloso com esse negócio, eu sou muito cauteloso. Então, o que eu quero é que o Fernando Henrique Cardoso cumpra... ele lembra de todas as coisas que ele  falou para o povo e cumpra, faça isso. Agora, obviamente que o povo vai para rua, cria um clima, sabe, ele pode até renunciar, eu acho que ele não tem grandeza nem humildade para renunciar”.  Alguém lembra quem disse isso? Foi, claro, o nosso nobre ex Presidente  Lula.

Na época, quando os petistas denunciavam todos os dias mazelas no governo FHC (nunca comprovadas, aliás), Lula pedia que ele tivesse a grandeza de renunciar ao mandato. Agora, com a Presidente que ele escolheu sendo alvo de investigações e o governo do seu partido e aliados vivendo num caos de corrupção, aí a culpa é da imprensa golpista. Lula disse  mais: que quando quisesse saber a verdade sobre o que estaria acontecendo nos bastidores do governo, iria ler na Revista Veja, a quem elogiou muito.É a mesma Veja de hoje...

AS PESQUISAS DO AELCIO

Como não tem interesse pessoal, já que não é candidato, o deputado Aelcio da TV tem realizado, através da sua equipe, pesquisas mensais com bastante credibilidade, sobre a situação de alguns dos nomes mais conhecidos do eleitorado  de Porto Velho. Alguns dos pré candidatos à Prefeitura nesse ano, vivem tentando conseguir informações sobre os números apresentados. Há surpresas.Um dos colegas de Aelcio tem crescido bastante mês a mês. Lá na frente, quando0 saírem os dados oficiais das urnas, saberemos se as pesquisas do Aelçio acertaram em cheio ou não.

PRIMEIROS NOMES

Já existem três nomes certos na disputa pela Prefeitura da Capital, entre os que têm chance de chegar lá. O primeiro é Mauro Nazif, que tentará a reeleição para um mandato de mais quatro anos. Tem a máquina na mão e, claro, está entre os favoritos. O outro é o deputado estadual Ribamar  Aráujo, que deixou o PT e deve concorrer pelo PR. Ele vai se apresentar como o nome ficha limpa, lembrando sua carreira de 24 anos sem qualquer mancha. E dirá que tem como resolver os problemas da cidade. O terceiro (e não necessariamente nessa ordem), é o secretário de saúde do Estado, Williames Pimentel. Vai basear sua campanha nas realizações como secretário em Porto Velho e em nível estadual. Os outros nomes ainda não estão definidos.

TRIO EM JI-PARANÁ

Em Ji-Paraná, a corrida pela Prefeitura também anda a mil. O prefeito Jesualdo Pires, segundo todas as pesquisas, seria reeleito com facilidade, mas ele não estaria propenso a disputar de novo. Planejaria entrar na briga por uma vaga ao Senado em 2018. Se ele não buscar a reeleição, realmente, o candidato do grupo que o apoia ira com o vice –prefeito Marquito Pinto, numa parceria com o atual Presidente da Câmara, Nilson Cézar. O PR já definiu o nome de Enivaldo Soares  e o PMDB, o da servidor4a da Emater, Solange Pereira. Haverá outras candidaturas,mas ao menos por enquanto, o quadro é esse.

A BOLSA DOS RICOS

Em todo o país, o Bolsa Família é vital para milhões de brasileiros que, graças a esse grande programa social, não passam mais fome. O problema do Bolsa é que ele é muito vulnerável a falcatruas, coisa aliás, em que o Brasil também disputa o título mundial. Por isso não há surpresa quando canalhas que não têm qualquer direito ao benefício (como esposas de prefeitos, empresários e gente com grana) é flagrada recebendo o dinheiro. Nessa semana, em Cuiabá, se descobriu que mais de 4.,200 famílias recebiam o Bolsa indevidamente. Até gente que mora em mansão era atendida. Cadeia neles! 

COMBATENDO O MOSQUITO

O mosquito da dengue é minúsculo, mas os problemas que causa são gigantes.Em Rondônia, o governo já decretou estado de emergência, para conseguir a liberação mais rápida de recursos que sirvam aos municípios combater os focos de criação dos vetores. Os bombeiros anunciam que mais de 53 por cento de todos os imóveis no Estado já foram visitados e os moradores orientados, números bem acima da média nacional, de 32 por cento. No total, 16 cidades 100 por cento dos moradores visitados e alertados. Dia 13, Rondônia também participará do movimento nacional de combate ao mosquito. Estamos correndo contra o tempo,para impedir que a série de doenças transmitidas por ele se propague ainda mais.

PERGUNTINHA

Neste carnaval você vai sair fantasiado de Pato Depenado ou de Pierrot Desempregado?

Fonte - Sergio Pires

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.