News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 11 de Maio de 2021

Livre

A VIOLENTA REA플O DA TURBA CONTRA A CRUELDADE

Mas, ao mesmo tempo, depois de tudo o que tem se assistido no pas, a absurda e inacreditvel impunidade que protege os assassinos (matem eles bebs, crianas, velhos, jovens, mulheres) at se tenta compreender essa fria com que se defende a coletividade, massacrada pelo crime.
Sabado, 30 de Janeiro de 2016 - 08:03

Os casos têm se sucedido: assim como os criminosos se tornam cada vez mais cruéis, a população, apavorada e sem segurança pública, lamentavelmente começa a reagir por conta própria. Em todo o país, já não é mais possível contar-se nos dedos os casos em que bandidos são mortos ou feridos gravemente pela fúria popular, quando apanhados. Em Porto Velho, vários casos ocorreram nos últimos meses. No último, um grupo enfurecido de moradores do bairro Nova Esperança, zona norte da cidade, matou um jovem assaltante a pauladas, socos e facadas. Ele ainda tentou fugir da turba enfurecida, mas o grupo conseguiu alcançá-lo e fez justiça com as próprias mãos. Um assecla do bandido morto escapou por muita sorte, porque também foi perseguido, mas conseguiu subir numa moto e desaparecer. Se tivesse sido pego, também ele estaria agora prestando contas ao Capeta. Não há como se solidarizar com esse tipo de atitude. É desumana e um acinte para o sistema democrático de Direito. Mas, ao mesmo tempo, depois de tudo o que tem se assistido no país, a absurda e inacreditável impunidade que protege os assassinos (matem eles bebês, crianças, velhos, jovens, mulheres) até se tenta compreender essa fúria com que se defende a coletividade, massacrada pelo crime.

O assunto é complexo, tenebroso, assustador. Mas tem que ser debatido. Ora, se a população está órfã de segurança. Se é refém do crime; se as autoridades ignoram tudo o que está acontecendo contra o povo, de parte dos bandidos, como não ao menos tentar entender a fúria da turba? Em todos os escalões poderosos, se tem discutido muito os direitos dos bandidos e assassinos. Pouco tem se falado nas vítimas. Daí, quando o povo se revolta, há os que acham que, nesses casos sim, tem que haver punição rigorosa. Não é um grande contra senso absurdo?

DESEMPREGADOS

Um caso que envolve famílias abandonadas e desempregados, deve ser motivo de preocupação do prefeito Mauro Nazif, que sempre deu atenção especial às minorias e com o emprego das pessoas. Pelo menos 30 agentes funerários estão no olho da rua, da noite para o dia, sem direito a qualquer indenização, até porque trabalhavam como autônomos.  Com a criação da Central de Òbitos, a Prefeitura concentrou todos os serviços de atendimento às famílias, acabando com uma profissão que já existe há décadas. E ainda há mais: caso sejam pegos prestando algum tipo de atendimento às famílias dos mortos, os agentes podem ser presos.  O problema está sendo analisado no Palácio Tancredo Neves.

VAI A TRÊS REAIS?

Outro problemão para o prefeito Nazif resolver, em breve, refere-se ao aumento das tarifas dos ônibus.  Como as empresas do consórcio anterior ficaram cinco aos sem reajuste, o Prefeito terá que ter argumentos muito criativos e muito bom embasamento, para, em poucas semanas, autorizar o aumento que não concedeu por mais de 60 meses. Ele afirmou que, por enquanto, o pedido do novo consórcio ainda está sendo analisado,assim como os serviços que estão sendo prestados. É muito provável que o aumento seja na faixa dos 3 reais, 40 centavos a mais do que atualmente.

MAURÃO VAI ESCOLHER

Corre-corre de partidos atrás do presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho. Um personagem que vem ocupando cada vez mais espaço na política estadual, se tem como certo o nome de Maurão para a disputa do Governo, em 2018. Ele ainda está no PP, mas apenas cumpre o calendário eleitoral, esperando a janela para decidir para onde vai. Maurão tem recebido convites de todos os lados, mas ainda não definiu como vai andar a partir deste ano. Maurão, que está tendo  um primeiro mandato recheado de realizações na Assembleia, poderá esperar vai esperar até a última hora, para se definir.

AÇÃO DE MOSQUINI

O deputado federal Lúcio Mosquini está bastante satisfeito com o apoio vindo do governador Confúcio Moura e do diretor geral do DER, Ezequiel Neiva, para a sua cidade. Nesta semana, ao visitarem Jaru, Confúcio e Ezequiel anunciaram várias obras, muitas delas pedidas por Mosquini. Obras doParque da Baixada; ampliação do o asfalto urbano; pavimentação e restauração de rodovias; implantação da rede de água e esgoto e entrega de casas populares são as principais metas anunciadas para atender às necessidades da comunidade jaruense., A cidade comemora também o bom trabalho do seu representante na Câmara Federal.

RIOS CHEIOS

Infelizmente, a enchente está chegando à região. E está  forte, ao menos no Mato Grosso do Sul, onde 35 dos 79 municípios estão já atingidos por uma grande cheia. Por aqui, as chuvas nas cabeceiras do rio Beni e no Peru, tendem a aumentar o nível dório Madeira, que já está chegando a 13 metros. Quando atingir os 14 metros, começam as ações da Defesa Civil, retirando os ribeirinhos e isolando áreas que podem ser atingidas novamente. Na área central de Porto Velho, quem mora perto do centro e das áreas próximas ao rio, já está assustado. Vem nova cheia por aí! Tomara que seja bem menor do que a de 2014...

PERGUNTINHA

Quantos políticos que sempre foram petistas de carteirinha, vão abandonar o partido, quando abrir a janela de troca de legendas dentro de algumas semanas?

Fonte - Sergio Pires

Comentarios

News Poltica

News Polcia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.