News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 15 de Maio de 2021

Livre

ROUBO NAS ESCOLAS: CONFÚCIO IRONIZA E ‘PUXA ORELHA’ DOS DIRETORES E ATÉ DA DIREÇÃO DA SEDUC

No sábado (23) o executivo aproveitou para mandar um recado direto aos responsáveis pelas escolas públicas do estado.
Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2016 - 09:23

O governador Confúcio Moura (PMDB) bem que tenta mais não consegue ficar longe dos seus seguidores na Internet. Após anunciar que vai diminuir suas publicações no Facebook, Moura não seguiu a “dieta” e correu pro seu blog que é atualizado sempre nos finais de semana, para mais uma das suas declarações polêmicas.

No sábado (23) o executivo aproveitou para mandar um recado direto aos responsáveis pelas escolas públicas do estado. Sob o título “Vigilância Eletrônica nas Escolas”, Confúcio inicialmente foi enfático e irônico ao escrever sugestões que ajudam a prevenir as ações de vândalos, porém, com um leve ‘puxão de orelha’ nos diretores e até na direção da SEDUC.

“Atenção diretores de escolas. Prestem muita atenção. Vou explicar aqui, pela última vez, como cada diretor deve proceder para manter sua escola segura, contra furtos e vândalos. Nem os diretores entenderam e nem a SEDUC parece que não me entenderam. O que é uma pena. Eu sempre falei português”, escreveu.

Em seguida ele deu a forma para prevenir os roubos. Dividindo em alternativa “A” e “B”, o governador aconselhou aos municípios que possuem empresas de vigilância.

“Fazer contrato com a empresa, na forma da lei, preferencialmente, a SEDUC fazendo registro de preço por regiões. A escola adere a ata, e implanta o serviço. Ou cotação de preço em nível local. As câmeras tem suas imagens gravadas num computador da escola e na empresa. Ficam a disposição das autoridades por 30 dias. A escola deve ter alarmes para chamar atenção de vizinhos e da empresa. Que imediatamente deslocam sua equipe de segurança de moto ou carro, bem rápido, não podendo demora mais de 15 minutos. A empresa cobra a manutenção do serviço mensalmente. 5. Os vizinhos de confiança devem ser importantes colaboradores. Inclusive, algumas câmeras devem ser colocadas em residências voltadas para a escola. Devem ter câmeras monitoramento de pátios e corredores”, sugeriu ele informando que algumas escolas erram pondo câmeras apenas dentro prédio escolar.

Confúcio Moura continua sua formula mágica para uma melhor segurança, desta vez nos municípios que não possuem empresas especializadas em monitoramento e segurança patrimonial.

“As escolas formam um consórcio de escolas ou se agrupam em acordos. Montam juntas uma central de monitoramento. E a base da central é o destacamento da Polícia Militar. Na PM tem sempre um soldado de plantão que agirá imediatamente quando o alarme tocar. As escolas vão “rachar” as despesas e contratarem técnico do ramo para este serviço compartilhado e colaborativa. Todo mundo ajudando todo mundo. Creio que fui claro, inclusive, a PM pode participar deste projeto incluindo bairros de cidades que precisem de monitoramento eletrônico. O mesmo governo integrado na busca da paz e da educação de todos’, finalizou. 

Fonte - NEWSRONDONIA

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.