News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021

Livre

A ARTE DA FOTOGRAFIA

A fotografia existe em várias áreas orientada por diversas tecnológicas como no caso por exemplo do uso de rádio isótopos
Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2016 - 08:16

Fotografia é a arte de represar a imagem segundo seu registro num dado momento. Sobre a fotografia repousa a arte do artista, ao qual representa a configuração do seu olhar para a representação do mundo que ele observa.

A fotografia permite o registro histórico de um fato para auxiliar sua narrativa como comprovação de existência de um acontecimento. Pode expressar sensações em pessoas quando orientada para alvos do intelecto que permitam fazer a associação simbólica com os pensamentos registrados na memória de um indivíduo.

Sobre ela repousa a imaginação que transcende a visualização do cenário-registro, infiltrando sobre os pensamentos o despertar de uma realização.

Muitos elementos estão presentes neste plano geométrico que transporta uma imagem como representante de uma ação.

A fato da fotografia ser plana favorece ao avanço do indivíduo sobre a profundidade em que os objetos na forma de pixels montam uma rede de informações, onde o olhar define pela relação de grandezas do que pode ser considerado perto e longe, como também agrupar elementos que indicam uma formação conceitual mais ampla e afastar outros elementos com o intuito de realçar o seu aparecimento no cenário da fotografia.

A sobreposição de cores, o brilho e o foco são direcionadores secundários que permitem qualquer indivíduo vinculado visualmente à imagem, abstrair informações necessárias para o seu desenvolvimento.

Algumas máquinas fotográficas possuem tecnologia para a impressão de imagens em alto relevo, e outras tecnologias mais avançadas permitem a impressão de fotografias tridimensionais geralmente desenvolvida por softwares acoplados em um computador.

Também, cada vez mais comum encontra-se no mercado câmeras que captam fotografias holográficas impressas em uma superfície 2D. E em casos mais avançados tais equipamentos dispõe de interatividade com o indivíduo para a projeção espacial em 3D de qualquer conteúdo que possa ser represado dentro de um cenário.

Alguns materiais impressos também apresentam fotografias em que algumas cenas podem ser fixadas para que a percepção venha a colher as impressões de forma dinâmica, a simular uma linha de eventos em que denota uma ação a transcorrer.

Não tão popular ainda, existem as tecnologias em 4D em desenvolvimento para impressão de imagens que incorporam cheiros provindos do ambiente a fim de criar no indivíduo que manipule o material da imagem outras sensações que remetam ao cenário registrado como uma referência.

As fotos panorâmicas, mais conhecidas, permitem um usuário de criar uma imagem circular num giro de 360°. A fim de mostrar uma visão completamente espacial sobre toda a extensão do foco de visão de um indivíduo.

As modernas máquinas fotográficas dispõem de mecanismos que permitem desencadear sobre as imagens uma série de efeitos, como o envelhecimento, efeitos degrade, melhorias sobre os espectros de luz, a introdução de outras imagens armazenadas na câmeras e ícones, a aproximação de distâncias, e efeitos que reduzem a instabilidade do equipamento ante o manuseio do fotógrafo.

Pode-se pensar uma moderna impressora 3D como uma evolução da máquina fotográfica para o registro de um objeto sobre o ambiente.

Pode-se pensar também em fotografias extraídas de ondas eletromagnéticas e outras formas como ondas de rádio, já desenvolvidas no passado, para sondagem em estruturas de concreto que escondiam tubulações para a verificações de imperfeições e vazamentos. Pode-se pensar em games que tiram fotos dos cenários e passam informações visuais de forma completamente virtual em tempo real para outro usuário que esteja conectado em um dado momento.

A fotografia foi primeiramente migrada das cavernas e telas para os álbuns de família, para depois vir a fazer parte de jornais e revistas, para sofrer outra evolução para incorporar os meios de comunicações (televisão e internet), para fazer parte de sistemas de indução ao pensamento mecanizado para a produção literária (Neurociências).

O objetivo de uma fotografia é codificar uma informação espacial ampla o suficiente para remeter a uma ideia racional que permita uma pessoa ao identificar seus aspectos despertar para um conhecimento pessoal seu que agrega um conjunto de informações para ajustar sua necessidade de identificação para com o mundo que o desejo consiste em sua exploração visual.

A fotografia existe em várias áreas orientada por diversas tecnológicas como no caso por exemplo do uso de rádio isótopos, na forma de imagens que são impressas em plástico a fim de registro dos ossos do corpo (radiografia). Quando a forma de registro de uma imagem é obtida através da expressão de um artista que molda a cena à mão livre a fotografia é conhecida como pintura realística. E quando esboça uma alegoria sobre a imagem transcendendo a realidade como pintura caricaturista. E para a produção de mapas estelares.

Fotografia ao contrário do que se vincula no senso comum, não é só o registro desenvolvido por uma máquina fotográfica, existem muitas outras formas de represar o real que também transmite as feições do espaço tridimensional sem com isto sofrer uma descaracterização da realidade. Embora também existem fotografias que retratem o mundo imaginário quando um artista brinca com a imaginação de quem absorve a imagem transcendo os princípios de lógica e identidade.

Fonte - assessoria de comunicação

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.