News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 10 de Abril de 2021

Livre

ELE MANDA: “EU PROÍBO QUE LICITEM OBRAS SEM OS COMPONENTES SUSTENTÁVEIS”, ORDENA CONFÚCIO

Nas aulas, Confúcio aprendeu que os prédios devem incluir, na obra, destinação correta dos resíduos sólidos, aprendeu também o Bê-a-bá da produção de energia solar, biomassa, eólica, o aproveitamento da água da chuva, a previsão da ventilação natural, o uso de materiais para se manter boa temperatura ambiente, a água em uso e re-uso, a luz do sol nos ambientes internos, e outras técnicas.
Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2015 - 09:33

Por Wanglézio Braga
da redação do News Rondônia

O governador Confúcio Moura (PMDB), além de sonhar com cacau, também ganhou tempo na sua agenda para estudar e receber aulas sobre construções sustentáveis. Em seu blog, ele escreveu nessa quarta-feira (30) um artigo comentando sobre as novas técnicas usadas nas construções de prédios e moradias tendo como foco o respeito ao meio ambiente.

No artigo, Moura aproveitou para jogar no “colo” do setor público a responsabilidade de levar a dianteira os tipos sustentáveis de construções. “As escolas passará obrigatoriamente – Comunicação, Energia e Transporte, e tudo deve ser enfiado no rabo da internet (...) Está na hora, de aqui em Rondônia, principalmente, no setor público puxar a dianteira das construções sustentáveis”, escreveu Confúcio.

Nas aulas, Confúcio aprendeu que os prédios devem incluir, na obra, destinação correta dos resíduos sólidos, aprendeu também o Bê-a-bá da produção de energia solar, biomassa, eólica, o aproveitamento da água da chuva, a previsão da ventilação natural, o uso de materiais para se manter boa temperatura ambiente, a água em uso e re-uso, a luz do sol nos ambientes internos, e outras técnicas.

Ciente dos benefícios e agora determinado, o médico-governador que fez questão de frisar que não é da área da engenharia, bateu o pé e disse que só vai autorizar obras que tenham todos os componentes sustentáveis colocados no projeto.

“De agora em diante, quero olhar e só autorizar obras que tenham todos os componentes colocados no projeto. Claro que o preço terá um percentual maior. Mas, no médio prazo tudo se pagará. Não sou da área de engenharia, mas, no meu governo, de agora em diante, eu proíbo que se licitem obras sem estes componentes”, determinou o chefe do executivo.

Finalizando seu posicionamento, Confúcio prospectou que 2016 é o “ano do futuro” e disse que quer mais árvores, jardins, e espaços de convivência. “E tem mais, não sou do Greenpeace e nem WWF, não pertenço ao PV, sou PMDB com todos os seus pecados veniais, mas, não sou de ONG, nem de OSCIP que luta pelas causas ambientais, mas, as licenças ambientais de obras ou serviços devem cumprir todas as exigências previstas na Constituição Brasileira, com estudos bem feitos e completos (EIA) e relatórios (RIMA). É só isto por hoje”, finalizou ele com um forçado espírito ambiental.

Fonte - NEWSRONDONIA

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.