News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021

Livre

LENHA NA FOGUEIRA: MiC

Os fazedores de cultura de todo o Brasil não recebem a devida consideração do MinC e o pior, é que eles (do MinC), pensam que todo mundo está satisfeito com as migalhas que eles oferecem! Desprezaram a Rede, em prol da política monocrática que hoje é exercida em todas a Secretarias do Ministério.
Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2015 - 15:36

Bom, é fim de ano, um novo ano feliz, especialmente para o JAELSON AMIM que está trocando de idade neste dia 30/12. Jaelson é filho do meu irmão Fracisco Macedo com a Nazira Amim. Parabéns meu sobrinho!


Novamente os amantes do carnaval das escolas de samba do Rio de Janeiro ficarão sem os desfiles ao vivo das primeiras escolas do grupo especial, que seriam ESTÁCIO DE SÁ e VILA ISABEL. Pelo que sei a Globo só vai transmitir a partir da terceira escola. (noticias enviadas pelo Macêdo).


O representante do segmento Culturas Populares no CNPC Henrique Pereira Rocha está informando sobre a primeira reunião, após a posse dos Conselheiros do Pleno que aconteceu em Brasília.


Em conclusão, foi uma posse que não foi exatamente uma posse. Na minha avaliação foi muito mais uma exaltação ao CNPC como órgão do MinC do que a valorização dos sujeitos e dos colegiados que representam a sociedade civil, particularmente.


Observou-se um desconforto por partes dos Conselheiros que foram tomar posse em nome de seus colegiados, mas, que não houve o devido destaque às representações presentes. A impressão final que ficou, é que fomos lá pra tirar uma foto. (Essa falha da solenidade de posse foi abordada por mim e por outros conselheiros na reunião do dia 17/12.)


O desconforto observado pelo Henrique durante a posse do Colegiado em Brasília, foi também a tônica no Encontro de Serra Talhada da qual fizemos parte.

O pessoal do Ministério da Cultura não estava nem aí para o que estava acontecendo entre os membros Delegados das Setoriais das Culturas Populares, Artesanato e Tradicionais. O que prevalecia era a fala deles, mesmo que a gente apresentase propostas coerentes e que haviam sido aprovadas pela maioria presente.


No caso da Região Norte que é formada pelos estados do Amazonas, Acre, Amapá, Para, Rondônia, Roraime e Tocantins o responsavél pela Delegacia Regional não estava nem aí.

 


Na realidade o cidadão assumiu como defensor da propostas do seu estado o Para. Para ele os demais estados, pareciam não pertecenrem à sua Delegacia. Tanto que permitiu que mais de um membro da delegação do Para fosse eleito para O Conselho das Culturas Populares.

 


Não vi o cidadão levantar a voz em defesa das Culturas Populares da Região Norte em nenhum momento. Esse negócio tem que mudar, nós representantes das Culturais Populares na Região Norte, precisamos tomar algumas providencias dentro do fórum permanete, contra as atitudes da Delegacia Regional Norte do MinC.


Essa Lenha está sendo enviada para a Rede das Culturas Populares que é formada por mebros de todos os estado brasileiros, assim como de centenas de cidades incluindo aí todas as capitais.

 


É preciso como disse o Henrique, que o Minc trate com mais respeito os membros dos Colegiados de todas Setorias em especial o das Culturas Populares.


Os fazedores de cultura de todo o Brasil não recebem a devida consideração do MinC e o pior, é que eles (do MinC), pensam que todo mundo está satisfeito com as migalhas que eles oferecem! Desprezaram a Rede, em prol da política monocrática que hoje é exercida em todas a Secretarias do Ministério. A falta de consideração é tanta, que a Secretária da Diversidade Cultural não participou das discussõs do encontro de Serra Talhada. Foi lá participou da solenidade de abertura do evento e se mandou para Brasília.


De qualquer maneira o movimento percebeu essa falta de atenção e resolveu assumir novamente o comando do próximo encontro que vai acontecer justamente no estado do Pará na localidade de Bragança.

Fonte - Zé Katraca

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.