News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021

Livre

“A PREFEITURA NÃO PERMITIU UM COLAPSO DO TRANSPORTE”, DISPARA MAURO NAZIF

Finalizando, o chefe do executivo municipal justificou a extensão do prazo para que os novos ônibus sejam postos em circulação e defendeu que o executivo vai proporcionar um serviço de qualidade a partir de 2016.
Terça-Feira, 29 de Dezembro de 2015 - 09:10

Por Wanglézio Braga

Sessenta segundos. Esse foi o tempo que o prefeito de Porto Velho (RO), Mauro Nazif (PSB) usou para “vender” a ideia de uma “revolução” no transporte coletivo da cidade. Um vídeo publicado na página oficial da prefeitura trouxe uma mensagem óbvia e sem novidades para os cidadãos. Na realidade, uma justificativa por não ter colocado em circulação os novos, porém, usados ônibus já no domingo (27) como havia prometido.

Sendo assim, a Prefeitura de Porto Velho vai dar mais um prazo, até o dia 10 de janeiro de 2016 para iniciar o novo sistema de transporte público. Em relação ao seu pronunciamento ocorrido nessa segunda-feira (28), Mauro disse que quebrou o “monopólio das empresas de ônibus” que atuavam há anos na capital e afirmou que a “prefeitura não permitiu um colapso do transporte”.

“Quando a prefeitura de Porto Velho resolveu quebrar o monopólio das empresas de ônibus, que atuam na cidade há quase 20 anos, sabíamos muito bem os problemas que iríamos enfrentar. Não foi tarefa simples! A prefeitura não permitiu um colapso do transporte e não aceita que você, cidadão, continue sendo atendido com ônibus velhos e sem conforto. Com 19 ações judiciais, vencemos todas!”, pronunciou o prefeito.  

Finalizando, o chefe do executivo municipal justificou a extensão do prazo para que os novos ônibus sejam postos em circulação e defendeu que o executivo vai proporcionar um serviço de qualidade a partir de 2016.

“Uma parte dos novos ônibus já está pronta pra rodar. Neste dia 27 iríamos colocar esse serviço à disposição da população, mas em respeito aos trabalhadores do transporte, vamos dar mais um prazo até o dia 10 de janeiro. Queremos ônibus de qualidade, só que não podemos deixar os trabalhadores desempregados. Nada vai nos tirar do rumo de oferecer um serviço melhor para você. Obrigado!”, finalizou Nafiz Rasul. 

Fonte - NEWSRONDONIA

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.