News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 20 de Abril de 2021

Livre

CONFÚCIO ABRE O JOGO NUMA LONGA CONVERSA NA TV

Confúcio comemora um crescimento dos índices econômicos do Estado de algo em torno de 6 por cento, com o agronegócio, por exemplo,m dando um salto., comparando-se com a queda do Brasil, em mais de 3 por cento.
Sexta-Feira, 18 de Dezembro de 2015 - 08:09

Durante mais de uma hora, o governador Confúcio Moura concedeu uma das mais longas entrevistas a um só jornalista, desde que assumiu o poder há cinco anos.Numa longa conversa com o apresentador Sérgio Pires, ele falou sobre alguns dos mais importantes temas que envolvem um governo: a própria governabilidade; o poder de influir na vida de milhares de pessoas; a comparação com um parto, quanto tem que tomar decisões duras e, destaque-se,  a sinceridade para dizer que a educação em Rondônia é muito ruim, tanto quanto o que ocorre em todo o país.  Sempre com voz calma e demonstrando tranquilidade, é difícil se ver Confúcio irritado. Mas na entrevista, que vai ao ar neste sábado, na SICTV/Record, ele demonstrou esse raro sentimento em duas ocasiões: quando falou nas obras inacabadas em função de burocracia e decisões monocráticas em órgãos de fiscalização e nas dificuldades de ser criar um sistema local de segurança pública.

Em seu novo gabinete no CPA/Rio Madeira, de onde tem uma ótima visão de grande parte de Porto Velho, Confúcio administra um Estado que chega rápido aos 1 milhão e 700 mil habitantes e que é o que mais desenvolve na região norte. Além disso, é um dos únicos do país que termina 2015 sem estar no vermelho. E vai ainda concluir seu quinto ano de mandato com dois aspectos muito importantes. Um  é geral, outro é pessoal. Confúcio  comemora um crescimento dos índices econômicos do Estado de algo em torno de 6 por cento, com o agronegócio, por exemplo,m dando um salto., comparando-se com a queda do Brasil, em mais de 3 por cento. E ainda conclui com popularidade em alta. Por tudo isso, a entrevista inédita de Confúcio merece ser assistida. É neste sábado, logo depois do programa dos Dinos na TV. Para todas as 24 emissoras afiliadas à SICTV. Imperdível!

COMBATE AO CARTEL

Começou aos poucos, mas depois praticamente todo o parlamento rondoniense se envolveu na batalha  contra o que o governador Confúcio Moura chama de “cheiro, gosto e prática de cartel!”! O presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho, liderou um grupo de parlamentares que quer esclarecer de vez o que os frigoríficos andam fazendo para tomar conta da produção de gado rondoniense, impondo um preço ridículo pela arroba do boi. A CPI criada na ALE pode, enfim, trazer a público todos os detalhes desse enorme poderio econômico, que tem causado graves prejuízos ao setor produtivo do Estado. O cartel dos frigoríficos pode estar com seus dias contados em Rondônia.

MAU EXEMPLO

Estado e Prefeituras  orientam a população sobre os riscos do mosquito da dengue, que transmite também doenças perigosas como a chicungunha e o zika vírus. Mas, ao invés de darem o melhor exemplo, fazem exatamente o contrário. Na Capital, por exemplo: o pátio do Detran, na Jorge Teixeira, em direção ao aeroporto, está infestado de focos de mosquitos. Carros abandonados, muitos sem os vidros,  tornam-se criadouros. Já a  Prefeitura abandonou vários locais,incluindo  prédios públicos e terrenos baldios, locais onde os insetos proliferam. Será que não  está na hora dos órgãos públicos fazerem a sua parte?

ÁREA DENGUE

Outros casos deixam a vizinhança desesperada, como os terrenos abandonados na rua  Herbert Azevedo, no bairro Liberdade. Ali, as áreas conhecidas como Lagoa da Dengue estão abandonados e infestados de criadouros  de insetos transmissores de doenças. Há longos anos o local está assim, atirado literalmente às traças, se tornando até local de criação de animais peçonhentos, ratos e outros animais. Quase em frente, está um posto de saúde: Maurício Bustami. Ali mesmo, onde muitos doentes da vizinhança são tratados de dengue e outras doenças. .Não parece até uma brincadeira de mau gosto?

PRIMEIRO PASSO

Nesta sexta, seis governadores da região centro oeste do país se reúnem em Porro Velho. Estarão aqui os chefes políticos de Goiás, Brasíllia, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul., Recepcionados pelo rondoniense Confúcio Moura, eles vão discutir alternativas de ações conjuntas que independam do Governo Federal. Pode ser o primeiro passo para uma ação que acabe, mesmo que ainda de forma incipiente, a libertar os Estados da enorme dependência do governo central. Pode ser apenas um passo, mas pode ser o primeiro de uma longa caminhada.

 QUEM É QUE MANDA?

Quem afinal de contas foi eleito para fazer as leis no país: os deputados e senadores do Congresso Nacional ou os ministros do Supremo Tribunal Federal? No caso do rito de andamento do projeto de impeachment da Presidente Dilma, os ministros mudaram tudo, decidindo como se fossem congressistas. Desmoralizado e dividido, o parlamento brasileiro não protestará. Pelo contrário, ficará quieto, aceitando mais essa imposição. Até porque a grande maioria dos parlamentares tem um medo tão grande do Judiciário quanto o diabo da cruz. Lamentável!

PERGUNTINHA

Será verdade que muita gente se escondeu, correu pra baixo da cama, fugiu para sítios e se internou na floresta, só porque o jato da Polícia Federal aterrissou no aeroporto de Porto Velho para abastecer?

Fonte - Sérgio Pires - Opinião de Primeira

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.