News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 02 de Março de 2021

Livre

'O MAR QUE BANHA A ILHA DE GORÉ' - HISTÓRIA AFRO-BRASILEIRA RECONTADA POR UMA MENINA

De forma clara escritora lança o desafio de resgatar com extrema delicadeza, a autoestima de crianças negras
Terça-Feira, 27 de Outubro de 2015 - 16:26

Depois do sucesso de “Omo Obá – histórias de princesas” (Ed. Mazza) e o premiado  “Mundo no Black Power de Tayó” (Ed. Peirópolis), Kiusam de Oliveira lança seu terceiro livro “O mar que banha a Ilha de Goré” (Ed. Peirópolis). 

Uma voz que ecoa a favor da diversidade e luta pela valorização da cultura negra. Em “O Mar que banha a Ilha de Goré” (editora Peirópolis), Kiusam de Oliveira lança o desafio de resgatar, com extrema delicadeza, a autoestima de crianças negras.

O traço gráfico da artista Taisa Borges tem contornos sutis que também resgatam as tradições africanas na publicação. No enredo, Kika, uma linda garota negra brasileira, de 10 anos, parte para a Ilha de Goré, localizada em frente a Dakar (capital da República do Senegal) e que no passado serviu de importante entreposto de comércio ilegal de africanos escravizados para o Brasil.

Esta terceira obra da engenhosa escritora e contadora de histórias Kiusam de Oliveira vem auxiliar mães, pais e educadores a elevar a autoestima de crianças negras brasileiras, demolida no dia a dia, inclusive no espaço escolar. Essas crianças – que não veem seus rostos, seus cabelos ou a sua cor refletidos com carinho em nenhum lugar do imaginário de um país que as nega e as rejeita. Encontram neste livro, delicadamente ilustrado pela artista Taisa Borges (mesma ilustradora do “Mundo no Black Power de Tayó”),uma resposta ao vazio que encontram sobre sua história, antes e depois da traumática chegada de seus ancestrais africanos num mundo regido pela escravização negra.

De posse desses elementos a autora elimina o tom sombrio da história e transporta Kika e o próprio leitor para um ambiente repleto de histórias e cheio de sabedoria

 “A história de Kiusam se situa espacialmente no continente africano, mais precisamente na ilha de Goré, de onde partiram quem sabe quantos milhões de africanos para o Brasil, Cuba, Haiti. Kika, uma linda negra brasileira de 10 anos, é a personagem central desta encantadora história; faz o caminho de retorno para esse lugar que outrora foi o ventre dos maiores horrores. Mas Kika vive aí uma história de amor que serve para anular os séculos sombrios. Fala com a Mãe Mar, que lhe conta sobre os filhos perdidos e saúda nela seu retorno. Brinca com seus pares senegaleses oriundos da ilha, que lhe transmitem o encanto por viver um lugar lindo, onde sorridente, cheia de sabedoria, de história e de memórias. Kiusam consegue criar o belo sem esquecer da verdade das coisas, da tragédia; reativar a memória, sem apagar o amor.” - Carlos Moore, etnólogo.

Sobre Kiusam de Oliveira

Kiusam de Oliveira teve em 2014, uma de suas obras na lista dos 10 livros indicados pelos Direitos Humanos “O mundo no Black Power de Tayó”. Livros que abordam temas como o direito à vida e a convivência familiar, o acesso à educação, ao lazer e brincar, o direito de estar salvo sob qualquer tipo de discriminação e violência. Além de escritora, Kiusam é dançarina, coreógrafa, professora de dança afro brasileira, pedagoga com habilitações em orientação educacional, administração escolar e deficiência intelectual. Doutora em educação e mestre em Psicologia pela USP. Especialista em temáticas étnico-raciais.

Mais informações e venda no site da editora Peiropolis (www.editorapeiropolis.com.br

Fonte - FB Imprensa

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.