News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 08 de Março de 2021

Livre

CULTURA DIGITAL NA ESCOLA É TEMA DE SEMINÁRIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Dezenas de experiências serão compartilhadas e socializadas no seminário com o objetivo de expandir a prática dos recursos tecnológicos por toda rede pública de ensino
Terça-Feira, 27 de Outubro de 2015 - 16:03

Cada vez mais, a tecnologia está presente em todos os momentos da nossa vida. E na educação não é diferente. O uso de ferramentas tecnológicas nas escolas é, segundo estudos, fundamental para melhorar o ensino. Quais, quando e como usar essas ferramentas são questões que ainda estão em discussão no âmbito escolar. Contudo, muitas experiências pedagógicas já conseguiram responder tais questões. E é com esse intuito que a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realiza em Porto Velho, nesta terça-feira (27) e amanhã, o Seminário Estadual de Tecnologia Educacional, com o tema Cultura Digital na Escola.

Durante esses dois dias, mais de 200 educadores da rede estadual de ensino, participarão de oficinas, debates e treinamentos que visam o aperfeiçoamento do uso da tecnologia durante as aulas. Dezenas de experiências serão compartilhadas e socializadas no seminário com o objetivo de expandir a prática dos recursos tecnológicos por toda rede pública de ensino.

Segundo o chefe do núcleo de formação da Seduc, Marcos Shereder, a secretaria busca levar formação continuada, inclusive no que se refere às tecnologias, com o objetivo de melhorar a qualidade das aulas. “Manter o professor atualizado quanto as novas ferramentas e de modo usá-las é uma preocupação da Seduc”, ressaltou Marcos, ao se referir da cultura digital nas escolas.

Na solenidade de abertura, a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, disse que aguarda os resultados do Exame de Ensino Médio com a expectativa de que Rondônia alcance melhores resultados em comparação a 2014. “Estamos trabalhando muito e temos profissionais qualificados para colocar nosso Estado em destaque no cenário nacional”, afirmou Gavioli ao falar do objetivo de colocar a educação rondoniense entre as melhores do país. Gavioli mencionou 11 escolas do estado que são destaques no uso de tecnologias em suas respectivas escolas.

FORMAÇÃO CONTINUADA

Ao falar sobre formação continuada, a secretária informou sobre algumas mudanças em relação a oferta de mestrado e doutorado.Segundo ela, a Seduc está finalizando parceria com Universidade Federal de Rondônia (Unir) com o objetivo de melhorar a educação. “Em 2016 vamos ofertar, em parceria com a Unir, mestrado e doutorado a professores e técnicos da educação”, afirmou Fátima. Ela disse que haverá mudanças no edital para dar prioridade aos professores que estão em sala de aula. “Aproximadamente, 80% das vagas serão destinadas a professores que estão em sala de aula e o restante a técnicos da Seduc”, destacou a secretária ao lembrar que o servidor que optar pelo mestrado, terá de ficar no mínimo 5 anos em sala de aula. Se o professor não cumprir essa cláusula, ele deverá ressarcir o Estado do valor investido. E no caso do doutorado, o tempo a cumprir em sala será de 10 anos.

Fátima Gaviolli agradeceu o empenho do professor doutor José Lucas Pedreira Bueno, do Departamento de Educação da Unir, em trabalhar em prol da parceria entre Seduc e Universidade Federal.  Após o discurso da secretária, o professor José Lucas fez uma palestra com o tema “A relação cultura, educação e tecnologia frente às condições e possibilidades da escola pública”. 

Fonte - Secom - Governo de Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.