News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 27 de Fevereiro de 2021

AFINAL, O NOVO MEDICAMENTO CONTRA O CÂNCER FAZ MESMO MILAGRES?

O oncologista José Ferrari (foto), respeitado em Rondônia há mais de 35 anos, que já salvou centenas de vidas de doentes com câncer, é destes personagens que não dá crédito ao novo produto e nem seu efeito milagroso.
Sabado, 24 de Outubro de 2015 - 08:56

A nova substância , conhecida como Fosfoetanolamina, cura mesmo o câncer? Tratamentos alternativos podem recuperar doentes, até os que estão em fase terminal? Há uma forte corrente, no país, com apoio do Judiciário, que quer a liberação do medicamento, mesmo que ainda não tenha passado por praticamente nenhum teste e sua eficácia não esteja comprovada. Mas para a maioria dos médicos, o novo produto não tem qualquer  tom milagroso e não há crédito em relação às dezenas de pessoas doentes que se dizem curadas, depois de terem ingerido a nova fórmula. O custo é de apenas 10 centavos por cápsula, enquanto um remédio para tratamento de câncer avançado, importado, pode chegar até 250 mil reais. Uma das vozes que mais tem defendido a liberação é a do senador  Ivo Cassol, que batalha para que a inovação chegue aos doentes. Já entre os profissionais, a unanimidade é de que o remédio não tem eficiência,  pela falta de testes. Defendem que, sem se saber quais os efeitos colaterais que causa, a fórmula  poderia até matar um doente. O oncologista José Ferrari (foto), respeitado em Rondônia há mais de 35 anos, que já salvou centenas de vidas de doentes com câncer, é destes personagens que não dá crédito ao novo produto e nem seu efeito milagroso.

As questões que envolvem o novo remédio criado na UPS são o principal tema de uma entrevista imperdível do dr. Ferrari, ao programa Direto ao Ponto, apresentado pelo jornalista Sérgio Pires. A atração vai ao ar neste sábado, a partir das 13h20, em rede estadual para todas as emissoras da SICTV/Rede Record. Vale a pena acompanhar as opiniões de Ferrari, que do alto da sua experiência diz porque não acredita na Fosfoetanolamina, uma nova substância que estaria salvando vidas de centenas de pessoas portadoras de diferentes tipos de câncer.

RELATÓRIO TÉCNICO

O senador Acir Gurgacz começa  a analisar as contas do governo Dilma o mais rapidamente possível. Ele afirmou que “vou fazer um relatório técnico e neutro sobre as contas da Presidente e vou fazer isso o mais rápido possível, para que o país saia de uma vez dessa crise política que contamina a economia. Para isso já estou começando a selecionar técnicos e assessores que sejam especialistas nas áreas que analisaremos, para que possamos produzir um relatório técnica e juridicamente robusto”.  E reafirmou. “O pais não pode mais ficar paralisado .A população não merece isso”.

PREOCUPAÇÃO PRINCIPAL

O Ouvidor agrário do Incra,  Gercino José da Silva, veio a Rondônia pela enésima vez, agora para tratar da chacina de cinco pessoas assassinados (três delas queimadas vivas), por bandidos que se dizem sem terra, em Vilhena. Falou em retirar do programa de reforma agrária e conflitos as áreas onde os crimes aconteceram. Gercino também veio falar em negociações com os sem terra e a preocupação em evitar novos conflitos na região. Criminosos armados que exterminam pessoas trabalhadoras, desarmadas, são mote de preocupação do governo. Já as vítimas foram lembradas “an passant”.  A política do governo para este setor continua pífia e envolvida pela ideologia. Lamentável!  

LIXO EM PAUTA

Depois do longo rolo em relação do transporte coletivo de Porto Velho, voltou ao debate s questão do lixo. A empresa Marquise tinha sido dispensada pela Prefeitura, mas de uma hora para outra, houve um acordo e ela continuou com o contrato, recebendo  2 milhões e 251 mil reais por mês. Nesta semana, o secretário da Semusb, Eduardo Damião, disse em audiência na Câmara que a nova concorrência para o lixo será realizada nos próximos meses. Há quem ache que a Marquise ficará com o serviço de recolhimento de lixo ao menos até o final da atual administração. Esperemos para ver, pois!

MOSQUINI E A 319

Várias autoridades têm se pronunciado, exigindo a imediata retomada das obras da BR 319. Pelo menos os três senadores rondonienses (Ivo Cassol, Acir Gurgacz e Valdir Raupp), farão parte da comitiva que pretende ir de Porto Velho a Manaus, com saída na segunda, dia 26, unidos com parlamentares e empresários do Amazonas. Da bancada federal, a deputada Marinha Raupp e o deputado Lúcio Mosquini já confirmaram que estarão na comitiva. Mosquini, aliás, discursou nesta semana na Câmara, protestando contra o Ibama, que paralisou uma obra onde já foram investidos mais de 100 milhões de reais só em estudos ambientais e de viabilidade.

ASSASSINA LIVRE

Assassina fria, sem sinal de ter se arrependido, Suzana Von Richthofen começa a cumprir o regime semiaberto da prisão. Condenada a 39 anos, neste país em que assassinos cruéis tem mais direitos humanos que suas vítimas, ela está conquistando o benefício depois de cumprir apenas 13 anos. Se fosse num país de leis decentes, alguém que mata os pais para ficar com o dinheiro da família ficaria até morrer atrás das grades ou seria condenado à pena de morte. Aqui não. Como Suzane, milhares de criminosos cruéis voltam às ruas, todos os dias. Até quando veremos esse acinte contra a vida humana e contra as pessoas de bem?

PERGUNTINHA

Quantas multas serão aplicadas e quantas interrupções das obras da BR 319 serão anunciadas pelo Dnit, até que as ONGs internacionais finalmente autorizem que a rodovia seja concluída?

Fonte - Sergio Pires

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.