News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 04 de Março de 2021

GREVE: NEGOCIAÇÃO ENTRE FENABAN E COMANDO NACIONAL DOS BANCÁRIOS CONTINUA NESTE SÁBADO

Isso gerou um impasse com o Comando Nacional dos Bancários, que não aceita o desconto nem a compensação total e reivindica o abono total dos dias parados.
Sabado, 24 de Outubro de 2015 - 08:46

Ontem, após um longo tempo reunidos – o que resultou no adiamento da reunião em quase 24 horas – os bancos apresentaram uma proposta de reajuste de 10% para os salários, PLR e piso, e 14% para os vales refeição e alimentação. No entanto, os bancos querem que os bancários que cruzaram os braços na greve escolham entre compensar os dias parados ou então ter esses dias descontados.

Isso gerou um impasse com o Comando Nacional dos Bancários, que não aceita o desconto nem a compensação total e reivindica o abono total dos dias parados. O Comando pediu um intervalo para que a Fenaban construísse uma nova formulação sobre os dias parados que permita a finalização de uma proposta global. Os bancos, até às 23 horas (Brasília), não deram retorno e o Comando Nacional encerrou seu plantão, que será retomado neste sábado (24), às 10 horas, na sede da Contraf-CUT, em São Paulo.

Somente após a conclusão desta rodada de negociação com a Fenaban é que poderão ser iniciadas as reuniões específicas com o Banco do Brasil e com a Caixa Econômica Federal.

GREVE

O Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO) disse que espera uma conclusão destas negociações ainda hoje, sábado, com uma proposta que seja justa para os bancários e que ponha um fim à greve que se arrasta há 19 dias em todo o país.

“No entanto, diferente do que algumas pessoas insistem em ‘espalhar’ nas redes sociais, a greve nacional dos bancários continua até que os bancários decidam isso por meio de assembleia geral, feita pelos sindicatos da categoria. E isso só acontece após o fim das negociações entre os bancos e o Comando Nacional, que ainda estão ocorrendo em São Paulo. Pedimos à sociedade em geral que ignore notícias falsas ou antigas que maldosamente foram ‘plantadas’ por pessoas que querem confundir a população que já sofre muito com as greves. Somente notícias passadas pela nossa assessoria de Comunicação, ou nos sites da Fetec-CN e Contraf-CUT é que são consideradas oficiais e verdadeiras”, declarou José Pinheiro, presidente do SEEB-RO.

Fonte - Rondineli Gonzalez

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.