News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 27 de Fevereiro de 2021

SAÚDE FAZ BUSCA ATIVA EM ESCOLAS PARA PREVENIR DOENÇAS

Também está sendo realizado o tratamento quimioprofilático, com vistas à redução da carga de infecção por geo-helmintos, com a administração de Albendazol
Terça-Feira, 20 de Outubro de 2015 - 08:48

A Prefeitura de Candeias do Jamari, por meio da Secretaria Municipal de Saúde iniciou, nesta segunda-feira (19), busca ativa de rotina nas unidades de ensino da rede municipal para detectar casos de tracoma, hanseníase, cárie dentária e verminose. A ação começou pela Pré-Escola Vovó Ginoca, em dois períodos, atendendo uma média de 77 crianças, devidamente examinadas. A ação termina no dia 5 de outubro.

De acordo com a coordenadora municipal da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Adriana Rodrigues, o objetivo da mobilização é reduzir a carga parasitária de geo-helmintos (verminoses), identificar casos suspeitos de hanseníase, identificar e tratar casos de tracoma em estudantes, na faixa etária de 5 a 14 anos, além de identificar casos de cáries dentárias. “Para obter o resultado esperado, contamos com total apoio da Secretaria Municipal de Educação e da equipe de odontologia de Candeias”, frisa a enfermeira.
Adriana explica ainda que para detectar os casos de hanseníase, está sendo utilizado um formulário denominado Ficha de Autoimagem, onde os estudantes, junto com os pais ou responsáveis, respondem em casa os questionamentos da ficha e a devolvem para a escola. As mesmas são triadas, e os casos com lesões suspeitas de hanseníase são encaminhadas à unidade de saúde para confirmação diagnóstica e tratamento. Para o tracoma, os estudantes são submetidos ao exame ocular externo realizado por profissionais capacitados, e os casos positivos e seus contatos domiciliares serão encaminhados para tratamento.

Também está sendo realizado o tratamento quimioprofilático, com vistas à redução da carga de infecção por geo-helmintos, com a administração de Albendazol. Esse medicamento é eficaz, não tóxico, de baixo custo, e já foi utilizado em milhões de indivíduos de diversos países, e seus efeitos colaterais são raros e sem gravidade.
O prefeito Francisco Sobreira (Careca) solicita que os pais e ou responsáveis auxiliem seus filhos no preenchimento das fichas de autoimagem, para depois serem avaliadas pelos profissionais de saúde, facilitando assim o trabalho dos profissionais, “visando uma saúde de melhor qualidade, começando por nossas crianças”, explica o prefeito, parabenizando toda a equipe envolvida na ação.

Cárie Dentária

O índice de cárie foi bem reduzido, considerando o trabalho que já vem sendo realizado na Pré-Escola Vovó Ginoca, com a dentista Maria Rosângela Pinheiro Almeida, autora do Programa, em parceria com a professora e diretora da instituição de ensino, Loreci Teixeira, dando continuidade a escovação diária nos pequenos estudantes. 
De acordo com o coordenador municipal de Saúde Bucal, odontólogo Lourielson Silva Cavalcante, “a cárie dentária são erosões na superfície do dente causada pelos efeitos combinados de bactérias, dos ácidos, da placa, e do tártaro. As cáries dentárias são geralmente indolores no início, mas elas podem tornar-se dolorosas, se espalharem-se para o nervo ou raiz de um dente. Não tratada, a cárie dentária pode evoluir para um abscesso no dente, que é uma condição mais dolorosa e potencialmente grave. As cáries dentais são comuns, mas muitas vezes podem ser prevenidas pela prática de uma boa higiene dental, incluindo escovação e fio dental”, explica Lourielson, informando que o levantamento será realizado em todas as escolas, sendo que nesta terça o trabalho será realizado na Escola Municipal Dom João Batista Costa.

Fonte - assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.