News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 28 de Fevereiro de 2021

PREÇO MÉDIO DO ALUGUEL RESIDENCIAL TEM MAIOR QUEDA MENSAL DESDE 2008

Somente neste ano, valor do metro quadrado de locação residencial caiu 2%, diz FipeZap
Quinta-Feira, 15 de Outubro de 2015 - 08:34

O preço para morar de aluguel no Brasil segue em queda e, somente em setembro, caiu 0,78%, segundo dados revelados pelo índice FipeZap de locação de imóveis. O recuo é o maior já apresentado pelo indicador, que calcula o valor do aluguel em nove cidades do País desde 2008.

Com a forte queda, o valor médio anunciado para locação por metro quadrado nas cidades pesquisadas em setembro foi de R$ 32,76 por mês. Ou seja, assinar um contrato para morar de aluguel em um imóvel de 50 m² no Brasil custa, em média, R$ 1.638.

Com o resultado divulgado nesta quinta-feira (15), o índice passou a mostrar queda nominal de 1,98% no resultado acumulado somente neste ano. Quando analisado o período de 12 meses encerrados em setembro, o preço médio da locação no Brasil caiu 2,5% e acumula também a maior queda histórica na base de comparação.

As quedas no valor do aluguel caminham na contramão dos índices de inflação de preços do País, já que, somente nos últimos 12 meses, a variação da inflação oficial foi de 9,49% e a da inflação do aluguel de 8,35%.

Ao longo dos últimos 12 meses, Rio de Janeiro (-6,06%) e Curitiba (-3,97%) foram as cidades que apresentaram as maiores quedas nos valores das novas locações. No mesmo período, Salvador (+5,6%) e São Bernardo do Campo (+5,03%) mostraram as maiores altas de preços para os novos aluguéis.

Apesar de ter sido responsável pela maior queda dos últimos 12 meses, o Rio de Janeiro segue como a cidade com o metro quadrado mais caro do País (R$ 38,58), seguida por São Paulo (R$ 36,51) e Brasília (R$ 30,71). O aluguel mais barato foi em Curitiba (R$ 16,06).

Fonte - r7

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.