News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 09 de Março de 2021

RONDÔNIA DESTACA INICIATIVA PRIVADA EM SEMINÁRIO DA SUDAM EM PORTO VELHO

O evento em Porto Velho cumpriu uma vasta programação com palestras dirigidas, destacando temas, como Potencialidades e Gargalos no Estado para Atrair Investimentos, entre outros
Quarta-Feira, 14 de Outubro de 2015 - 16:16

Em solenidade na manhã desta quarta-feira (14), em Porto Velho, na abertura do Seminário Sudam Itinerante, o secretário-chefe da Casa Civil, Emerson Castro, disse que o Governo de Rondônia tem um projeto de desenvolvimento do estado para até 2030, contemplando indicativos de programas que podem ser aproveitados e até melhorado pela iniciativa privada.

Castro, que no ato representou o governador Confúcio Moura, falou às autoridades presentes, em especial ao superintendente de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Paulo Roberto Correia da Silva, que interessa a Rondônia diminuir sua presença em temas e projetos que possam ser geridos pela iniciativa privada, estimulando a livre concorrência como estratégia para fomentar o desenvolvimento, e neste sentido a administração estadual tem feito grande esforço para interferir o mínimo possível nessas ações.

Paulo Roberto Correia da Silva, por sua vez, disse que sua intenção é dar uma nova “cara” à Sudam, criando e levando oportunidades para todos os estados e empreendedores da região. Ele citou o projeto do Grupo Minerva – Indústria e Comércio de Alimentos em Rolim de Moura, cuja obra do frigorífico, financiada com recursos da Sudam, será entregue nesta semana, com uma pauta de negócios e geração de empregos que vai trazer importantes resultados para a economia rondoniense.

Correia fez entender que nesse processo a Superintendência tem importantes parceiros como o Banco do Brasil (BB), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Caixa Econômica Federal (CEF), Banco da Amazônia (Basa) e tantos outros organismos que atuam no fomento do setor produtivo da região amazônica com apoio da Sudam em projetos para a agricultura e pecuária, para a indústria e para o comércio.

SUDAM ITINERANTE

O projeto da Sudam Itinerante tem por objetivo divulgar as atrações de investimentos existentes para a região de sua influência, além de levar as políticas públicas do governo Federal aos estados menos desenvolvidos. Segundo a organização do seminário, o evento foi concebido para ser realizado de forma alternada, contemplando cada um dos estados da região, possibilitando a participação, não só dos agentes públicos, mas de empresas e da sociedade que integram a Amazônia.

O evento em Porto Velho cumpriu uma vasta programação com palestras dirigidas, destacando temas, como Potencialidades e Gargalos no Estado para Atrair Investimentos, proferida por Marcelo Thomé, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero); Incentivos do Governo do Estado de Rondônia para Atração de Investimentos e Incentivos Fiscais da Sudam para Atração de Investimentos para a Amazônia, entre outros.

Representantes dos bancos estatais – Edmar de Souza Bernardino, superintendente do Basa; Pio Gomes de Oliveira Júnior, superintendente regional do BB; Márcio Augusto de Lima Mourão, superintendente da CEF; e Luiz Antônio Pazos Moraes, chefe do Departamento Regional Norte do BNDES – também falaram de suas expectativas e do que suas instituições podem oferecer.

Depois de Porto Velho, o seminário será realizado em Rio Branco (AC), na próxima sexta-feira (16), com a participação de entidades que administram incentivos fiscais e financeiros, como Governo do Estado e as mesmas instituições bancárias estatais, além de entidades ligadas ao setor produtivo local, indústria, agricultura, comércio, micro e pequenas empresas, entidades de economistas, associação comercial e a sociedade local que também tem todo interesse na discussão de projetos de desenvolvimento para a região.

Ainda segundo Paulo Correia, a Sudam tem grandes desafios, e o principal deles é exatamente a reversão da lógica de aplicação dos recursos dos principais fundos de investimentos. Para ele é preciso destinar melhor esses investimentos, dando prioridade aos estados mais pobres da região, de modo que possam promover o desenvolvimento de suas bases produtivas rurais e urbanas.

Fonte - Secom - Governo de Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.