News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 04 de Março de 2021

TÉCNICOS DO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO VISITAM ÁREA DA ZONA DE PROCESSAMENTO E EXPORTAÇÃO EM PVH

Durante a visita, os técnicos também puderam conhecer o Porto Amaggi e ter acesso ao mapa do complexo industrial e portuário em fase de implantação na região.
Sexta-Feira, 09 de Outubro de 2015 - 10:40

A fim de fomentar e dar início ao projeto aprovado e sancionado recentemente pela Presidência da República para criação da Zona de Processamento e Exportação de Rondônia (ZPE), o superintendente estadual de Desenvolvimento de Rondônia, Rubens Nascimento, recepcionou nessa quinta-feira (8), juntamente com a Diretoria e técnicos do Porto Público de Porto Velho, a secretária-executiva do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Thaíse Dutra, e o analista Lázaro Lima, durante visita à área destinada à construção da empresa administradora, na Estrada 28 de Novembro, conhecida como Ramal Cujubim.

Segundo Thaíse, todas as informações pertinentes à implantação do projeto poderão ser repassadas pelos técnicos do MDIC, que contam com expertise sobre o tema, e já auxiliaram na implantação de outras no País. “É importante frisar que para Rondônia ter uma ZPE competitiva precisa, primeiramente, ter um produto chefe, e partir daí criar um plano de atração de investimento e um plano de ação da empresa administradora, de forma que ambos possam andar concomitantemente para impulsionar o desenvolvimento do projeto, uma vez que o investimento para implantação é alto e não podemos brincar de fazer negócio. O Brasil é um País com capacidade e potencial para agregar valor ao produto primário. É competitivo, e para dar certo temos que planejar”, pontuou.

Durante a visita, os técnicos também puderam conhecer o Porto Amaggi e ter acesso ao mapa do complexo industrial e portuário em fase de implantação na região.

De acordo com Rubens Nascimento, o Governo do Estado idealiza investir em pelo menos cinco produtos. “Temos o peixe, o café, o gado, o arroz e o leite. Precisamos eleger aquele que apresenta o maior potencial para elaborarmos todos os projetos necessários e, com as orientações específicas e claras da legislação, podermos definir todas as informações necessárias, criar o material de divulgação e atrair o investimento”, explicou.

Fonte - Secom - Governo de Rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.