News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 01 de Março de 2021

POLÍCIA PRENDE MÃE QUE ABANDONOU CRIANÇA EM SACOLA

A menina ainda ficou cerca de 12 horas escondida na casa, antes de ser enrolada em um pano, posta dentro de uma sacola e deixada na rua.
Quarta-Feira, 07 de Outubro de 2015 - 08:39

SÃO PAULO - A Polícia Civil conseguiu identificar e deter nesta quarta-feira, 7, uma empregada doméstica de 37 anos suspeita de ter abandonado a própria filha na Rua Piauí, em Higienópolis, na região central, no domingo, 4. Segundo a polícia, Sandra Maria Santos Queiroz trabalha e mora na casa de uma família, a uma quadra do local onde a criança foi abandonada.

Os policiais do 4º Distrito Policial (Consolação) conseguiram identificá-la através de imagens de câmeras de segurança. Nas imagens, ela aparece carregando uma sacola branca, onde o bebê estava escondido, e um guarda-chuva. Pouco depois, deixa a criança ao pé de uma árvore e sai andando - mas não é possível ver com clareza do rosto da suspeita.

No dia seguinte, ao passar por uma câmara em uma rua das proximidades, Sandra "baixou a cabeça e tampou o rosto", afirma o delegado-assistente do 4° DP, Eduardo Luís Pereria. "Vimos que era uma mulher muito parecida (com a das imagens do dia do abandono)", diz. Ao voltar ao mesmo local à tarde, os policiais avistaram-na passando e a abordaram, momento em que ela confessou ter deixado o bebê na sacola.

De acordo com as investigações, a emprega escondeu dos patrões que estava grávida. No domingo, ela teria ido usar o banheiro, quando entrou em trabalho de parto. A menina ainda ficou cerca de 12 horas escondida na casa, antes de ser enrolada em um pano, posta dentro de uma sacola e deixada na rua.

Ela afirmou no distrito policial que, após deixar a sacola embaixo da árvore, observou os movimentos de longe. "Estava chegando a hora de a patroa chegar em casa então ela saiu, abandonou a criança, tomou certa distância e ficou observado. Ela viu quando acharam o bebê", explica Pereira. Em depoimento, Sandra alegou ter ficado desesperada com a possibilidade de perder o emprego.

Sandra chegou a São Paulo de Vitória da Conquista, na Bahia, há cinco anos. A empregada doméstica tem um filho de 17 anos que vive na sua cidade natal e uma filha de três anos que mora com ela na residência de Higienópolis.

De acordo com o delegado-assistente, Sandra n ão vai ficar presa. Ela será indiciada por abandono de incapaz e encaminhada ao Hospital Pérola Byington, centro de referência à saúde da mulher, para verificar sua saúde após o parto e suas condições mentais.

Caso. A menina recém-nascida foi encontrada por um zelador que trabalha em um prédio Rua Piauí e estava indo para missa. A criança foi levada para a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em Santa Cecília, também no centro, onde recebeu atendimento médico e aguarda decisão judicial para ser encaminhada a um abrigo.  

Fonte - msn.com

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.