News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 07 de Março de 2021

JESUÍNO COMENTA SOBRE REVOGAÇÃO DE PENAS PRIVATIVAS DE LIBERDADE DE PM E BM

Boabaid se declarou surpreso ao saber que a diretora e a vice diretora da Escola Bilíngue haviam sido exoneradas logo após a realização da audiência pública.
Quarta-Feira, 07 de Outubro de 2015 - 10:56

Na tarde desta terça (6) o Deputado Estadual Jesuíno Boabaid (PTdoB) usou parte de seu tempo no Plenário da Assembleia Legislativa para falar um pouco sobre a revogação de penas privativas de liberdade de Policiais e Bombeiros Militares, salientando que apenas estes servidores possuem em seus estatutos esta pena. Se chegasse atrasado ou com sem ter feito a barba, seria condenado a determinados dias de prisão, o que Boabaid considera incabível.

A proposta que extingue a pena de prisão como forma de punir faltas disciplinares cometidas por policiais e bombeiros militares foi aprovada em votação simbólica. A medida está prevista no Projeto de Lei 7634/14, dos deputados Subtenente Gonzaga (PDT-MG) e Jorginho Mello (PR-SC). Com algumas modificações, o texto segue para o Senado e caso seja aprovado, deverá ser adotado em Rondônia, onde segundo Boabaid, trará benefícios para a própria população.

ESCOLA BILÍNGUE

O Deputado lembrou que certo tempo atrás pediu realização de audiência pública para tratar sobre os problemas enfrentados pelos deficientes auditivos, vindo a solicitar a presença da diretora e vice diretora da Escola Bilíngue, bem como representantes do Estado e do Município. Boabaid se declarou surpreso ao saber que a diretora e a vice diretora da Escola Bilíngue haviam sido exoneradas logo após a realização da audiência pública.

Boabaid criticou a atual gestão e repudiou a decisão de exonerar as servidoras que foram até a Assembleia apenas para buscar soluções para os problemas enfrentados. Jesuíno foi procurado pelas ex servidoras que relataram o ocorrido, vindo ele então, a conversar com outro parlamentar, que por sinal é do mesmo partido do Prefeito Mauro Nazif, mas até o momento Jesuíno não obteve resposta sobre o real motivo das exonerações.

GREVE NO TRANSPORTE COLETIVO

Ainda falando sobre a gestão do Prefeito Mauro Nazif, Jesuíno citou a greve dos servidores do transporte coletivo da Capital que está totalmente paralisado desde a manhã de ontem (5). “O Prefeito falou que nós teríamos um transporte público de excelência. Já venceu o prazo para a nova empresa começar a rodar na cidade, mas até agora nada” relata.

Fonte - assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.