News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 05 de Março de 2021

FOLLADOR QUER MANTER VETERINÁRIOS PARA NÃO FECHAR FRIGORÍFICOS DE RONDÔNIA

Sem emissão de certificados produção pode parar
Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2015 - 14:49

Em pronunciamento ontem (29) na sessão plenária do Assembleia Legislativa, o deputado Adelino Follador (DEM) defendeu a adoção de uma medida em caráter emergencial, capaz de manter em pleno andamento as atividades produtivas dos frigoríficos de Rondônia, que estão à beira de um colapso após a suspensão das inspeções realizadas por técnicos do governo do Estado.

Segundo o deputado, um convênio entre governo federal e governo estadual mantinha técnicos e médicos veterinários da Agência de Defesa Agrossilvopastoril de Rondônia (Idaron) dentro dos frigoríficos instalados do Estado, na realização do trabalho de inspeção e emissão dos competentes certificados sanitários, indispensáveis ao processo de produção e exportação da carne e dos derivados do leite em Rondônia.

Follador fez uma consistente defesa de seu ponto de vista, observando que, se uma solução não encontrada para esta questão, o Estado pode ter grandes prejuízos econômicos, tendo em vista que muitos frigoríficos já estão parando ou diminuindo consideravelmente suas atividades, o que pode ser, segundo o deputado, um desastre para as exportações de Rondônia. Importa esclarecer que a carne é o principal produto da pauta das exportações do Estado.

Ao justificar a necessidade de adoção de uma providência emergencial para a grave situação do setor, Adelino Follador citou o Ofício nº 40/3013, do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) que, baseado em parecer jurídico do órgão, autorizou médicos veterinários cedidos a assinarem os Certificados Sanitários Nacionais que acompanham as exportações de produtos de origem animal.

De acordo como deputado esta deve ser uma medida de exceção, já que uma medida definitiva passa necessariamente pela realização de concurso público, no âmbito da União, para contratar esses profissionais, conforme entendimento do Ministério Público Federal (MPF).

“Aliás, este é meu entendimento também, mas por enquanto precisamos encontrar uma solução emergencial para o problema, para evitar o pior”, disse Follador, que junto com seus colegas de bancada, Ribamar Araújo (PT), Marcelino Tenório (PRP) e Lazinho da Fetagro (PT), reuniram-se em audiência no Ministério da Agricultura, para encontrar uma alternativa capaz de evitar um dano maior para o Estado.

Na visão do deputado, sem uma solução para este problema Rondônia vai sofrer uma forte queda na sua economia e agravar seu quadro social com a consequente demissão de milhares de trabalhadores. Follador lembrou que este problema veio à tona num momento crucial para economia, que pode até prejudicar a reabertura de um grande frigorífico em Ariquemes, que tem potencial para ampliar as divisas do Estado e gerar centenas de novos empregos na região.

Fonte - Ale/ro - decom

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.