News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 02 de Março de 2021

CICLO DE PALESTRAS APROXIMOU PROFISSIONAIS DO FISCO E DA CONTABILIDADE

O evento, que aconteceu no Dia do Auditor Fiscal, foi um sucesso pela troca de experiências e pelo bom aproveitamento dos assuntos abordados e debatidos por autoridades, com a participação do público.
Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2015 - 15:09

O 1º Ciclo de Palestras sobre “A Tecnologia da Informação e Seus Reflexos na Administração Tributária”, realizado em Porto Velho na última segunda-feira (25), reuniu no Teatro Guaporé (Complexo Palácio das Artes) acadêmicos e profissionais das áreas contábil e fiscal do Estado de Rondônia. O evento, que aconteceu no Dia do Auditor Fiscal, foi um sucesso pela troca de experiências e pelo bom aproveitamento dos assuntos abordados e debatidos por autoridades, com a participação do público.

O Ciclo de Palestras foi realizado pelo Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Rondônia (SINDAFISCO), em parceria com o Conselho Regional de Contabilidade (CRC/RO) e o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas de Rondônia (SESCAP/RO), e teve o apoio da Federação nacional do Fisco (FENAFISCO) que foi representada no evento pelo diretor Charles Alcântara.

As abordagens seguiram em torno de assuntos como “Cruzamento de informações e o Fisco na era digital”, “O SPED e o seus reflexos nas malhas fiscais”, e “Contabilidade com qualidade e inteligência do Fisco”.

OS PALESTRANTES

- Márcio Massao Shimomoto, que é Advogado, Administrador de Empresas, Contador e Vice-presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo (Sescon/SP).

- Leandro Augusto Aleixo, que possui graduação nas áreas de Ciência da Computação, Direito  e Pós-Graduado em Direito Tributário e em Informática Pericial. É Consultor e Advogado Tributarista e ex-Auditor Fiscal da Receita Estadual de Goiás.

- Anderson Aparecido Arnaut, que é Contador, Auditor Fiscal de Tributos Estaduais e Julgador de 1ª Instância do TATE – Tribunal Administrativo de Tributos Estaduais de Rondônia.

- Flaudemir Reis de Oliveira, que é Administrador e Especialista em Gestão de Sistemas e Auditor Fiscal de Tributos Estaduais. É gestor dos documentos eletrônicos da GEFIS – Gerência de Fiscalização e representante de Rondônia no GT (Grupo de Trabalho) do SPED Fiscal.

CONTRIBUIÇÕES

Para a contadora de Ji- Paraná, Kenia Freitas, o evento foi uma oportunidade ímpar para o esclarecimento de dúvidas existentes nos tramites que envolvem a relação setor contábil e fisco.  “Foi muito enriquecedor, quando foram abordados assuntos relevantes para as nossas atividades resultando na otimização de nossa profissão”, disse a profissional.

E o estudante de Contabilidade, Fernando Torres, destacou que o ciclo de palestras serviu para ampliar a visão em relação ao papel do Fisco. “Minha compreensão até aqui era que o Fisco tinha o papel de perseguir os contadores, mas agora entendo que há uma postura voltada a orientar nos casos de correções de irregularidades”, disse Fernando.

O Presidente do SINDAFISCO, Mauro Roberto da Silva, disse que o evento foi uma oportunidade para aproximação entre as categorias contábil e fiscal, visando a troca de experiências, esclarecimentos  e melhor compreensão das atividades distintas do Auditor Fiscal da Receita Estadual e do Contador, que  exercem atividades complementares de forma integrada, em busca de soluções para o correto recolhimento dos tributos”.

Mauro ainda destacou a parceria com o CRC/RO e o SESCAP/RO – construções inéditas nas relações do Fisco com a sociedade e espera que tenha continuidade nos próximos eventos voltados a esses profissionais.

CONCURSO DE CRÔNICAS

No decorrer do evento foram premiados os ganhadores do 1º Concurso de Crônicas do Sindafisco, tendo como vencedores em primeiro lugar: Leide Daiane Nogueira Santos (de Pimenta Bueno) com o trabalho intitulado "Quem disse que sonhar não paga imposto?”; em segundo lugar: Gerson Zimmermann (de Cacoal), com o trabalho "O Garimpeiro e o Imposto"; e em terceiro lugar Raiane Tueste (de Porto Velho), com o trabalho "Para onde vai o meu imposto?”.

Fonte - Lucas Tatui

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.