News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 07 de Março de 2021

ESTADO VAI LANÇAR PLANO DE SANIDADE AQUÍCOLA

O Plano Estadual de Sanidade Aquícola está sendo concebido com a participação dos principais órgãos do setor produtivo e sua execução ficará sob responsabilidade da Idaron
Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2015 - 16:09

A união dos principais setores responsáveis pela sanidade aquícola no estado vai resultar em uma estratégia de ação para o desenvolvimento da cadeia produtiva do pescado em Rondônia. Em fase de conclusão, o Plano Estadual de Sanidade Aquícola deverá regulamentar a atividade e garantir a sustentabilidade dos sistemas de produção de animais aquáticos.

A comissão criada pela Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) - que envolveu entidades das duas esferas: federal e estadual - deu início às discussões para regulamentação da atividade aquícola no estado. A proposta inicial é promover o cadastramento de todos os produtores e sua capacidade produtiva no estado, viabilizar, de forma legal, o trânsito da produção e possibilitar uma rápida ação ao aparecimento de possíveis surtos de doenças, de forma a garantir a sanidade da produção local.

Segundo o gerente de inspeção e defesa sanitária animal da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), médico veterinário Fabiano Alexandre dos Santos, o estado conta com aproximadamente oito mil produtores de peixe (fonte: Idaron). Com o Plano de Sanidade Aquícola esses produtores serão cadastrados e terão o amparo das diretrizes que vão assegurar o controle sanitário e contribuir para o aumento da produtividade.

 

Produção em crescimento

Dados do IBGE referentes à produção aquícola do País demonstram que em 2013 foram produzidos 392,5 mil toneladas peixes, com destaque para a região Centro-Oeste, cuja produção atingiu 105 mil toneladas. A região norte aparece em quarta posição com uma produção de 72,969 mil toneladas, representando 18,6% da produção nacional.

Em Rondônia a produção aquícola, mais especificamente a piscicultura, vem crescendo de forma linear e sua produção em cativeiro, que em meados de 2011/2012 era de dez mil toneladas, saltou no final de 2014 para cerca de 80 mil toneladas. Segundo a engenheira de pesca da Emater-RO, Maria Mirtes de Lima Pinheiro, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental de Rondônia (Sedam) estimativa que a produção já ultrapassa 90 mil toneladas/ano (Sedam-abril/2015), tendo como carros-chefes espécies como tambaqui e o pirarucu

O crescimento da produção em Rondônia está diretamente relacionado ao investimento que o governo estadual tem feito no setor, através de programas de incentivo, assistência técnica, crédito rural e o esforço para regularização da atividade, inclusive com licenciamento ambiental. Mirtes ainda mostra que, embora os dados não sejam oficiais, o mesmo documento do IBGE, acima citado, destaca a participação de Rondônia na produção de espécies nativas, no cenário nacional, de 6,4%.

 

Plano de Sanidade Aquícola

O Plano Estadual de Sanidade Aquícola está sendo concebido com a participação dos principais órgãos do setor produtivo e sua execução ficará sob responsabilidade da Idaron. Para dar uma maior atenção à atividade o presidente José Alfredo Volpi está criando dentro da agência, um núcleo técnico que contará com a ação direta de um médico veterinário específico para esse segmento. “Estamos fazendo uma parceria com a Emater-RO que nos cederá esse profissional para que possamos colocar em prática as diretrizes do Plano”, diz Volpi.

O presidente do Idaron diz ainda que promover o fortalecimento do setor aquícola é uma determinação do governado Confúcio Moura que tem na atividade uma das prioridades para o desenvolvimento do Estado. “Também contamos com total apoio da Seagri, da Emater e de todos os órgãos que compõem a cadeia produtiva”, diz Volpi.

Para Luiz Gomes, presidente da Emater-RO, esse é um grande passo que o estado vem dando para o desenvolvimento da cadeia produtiva local e, sob a coordenação da Idaron, a atividade será executada com competência.

O Plano Estadual de Sanidade Aquícola está sendo elaborado em consonância com o programa nacional para a atividade. Atualmente encontra-se em análise, na Idaron, que deverá devolvê-lo à comissão, para avaliação e validação, até a próxima segunda-feira (28).

Fonte - Wania Ressutti

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.