News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

TÁ NA LENTE: HOMEM SOBREVIVE APÓS MATAR RIVAL E LEVAR 22 FACADAS; ENTENDA

Vanderlei conseguiu rastejar e pedir ajuda na BR, sendo socorrido e encaminhado às pressas para uma unidade hospitalar, onde foi retirado um pedaço de lâmina que estava em seu pulmão.
Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2015 - 11:34

São Francisco do Guaporé, RO – Um fato ocorrido no último final de semana terminou com uma pessoa morta e outra gravemente ferida. O  casal alvo da dupla tentativa de homicídio foi identificado como sendo Vanderlei Gongrililara e Geucimar Santos Cardoso.

Na madrugada, Vanderlei recebeu telefonema de uma mulher identificada como “Karina”, que o chamava para que ele fosse até sua casa para ambos usarem droga. Geucimar, esposa de Vanderlei pediu para que o homem não fosse, pois ele estaria devendo R$ 100 reais para Karina e provavelmente a mulher estaria armando alguma coisa. Com receio, Vanderlei se armou com uma arma calibre 22 e foi até à casa de Karina para poder usar droga. Mesmo após ter sido contrariada, a mulher de Vanderlei acompanhou o marido.

Logo após chegar ao endereço mencionado, o casal foi abordado por quatro pessoas, sendo elas identificadas como Fábio Penha, Marlene Penha, Lauro José de Lima e a própria Karina. A dupla foi obrigada a entrar em um veículo, sendo que Karina dizia que eles teriam um acerto de contas para fazer. O motorista Fábio Penha estaria seguindo com o veículo para o Rio Conceição, onde seriam feitas as execuções. De repente, Fábio desfere uma facada em Vanderlei, que já sabendo que iria ser morto, sacou a arma de fogo e efetuou um disparo contra Fábio, que teve morte instantânea. O veículo ficou desgovernado e caiu em um barranco. Geucimar conseguiu sair rapidamente do veículo e empreendeu fuga pela mata, mas Vanderlei acabou sendo pego pelos suspeitos. Ele foi ferido com 22 facadas, sendo que após os golpes, os suspeitos fugiram, pensando que ele havia morrido.

Vanderlei conseguiu rastejar e pedir ajuda na BR, sendo socorrido e encaminhado às pressas para uma unidade hospitalar, onde foi retirado um pedaço de lâmina que estava em seu pulmão. A polícia militar realizou várias diligências pela região e conseguiu prender Karina na casa dela. A mulher estava com alguns ferimentos pelo corpo, mas negou que tivesse participado do crime. Lauro José de Lima e Marlene Penha ainda estão foragidos.

Fonte - Júlio Malta - NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.