News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 28 de Fevereiro de 2021

CONSCIENTIZAÇÃO: SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ROLIM DE MOURA REALIZA PALESTRA "O TABAGISMO COMO UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA"

A palestra, voltada para os profissionais da saúde, aconteceu no auditório da Faculdade São Paulo (FSP), que ficou completamente lotado por profissionais da região da zona da mata: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, Agentes Comunitários de Saúde, acadêmicos e equipes do Programa Saúde da Família (PSF).
Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2015 - 17:41

A Prefeitura de Rolim de Moura (RO), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), com a parceria da Secretaria Estadual da Saúde (SESAU), realizaram nesta quarta-feira, (16/09), a palestra "O Tabagismo como um Problema de Saúde Pública", que envolveu membros do grupo de tabagismo da Secretaria da Saúde e profissionais que realizaram um trabalho anti-tabagismo na cidade onde vivem, com o objetivo de aumentar o número de ambientes livres da fumaça do cigarro na cidade.

A palestra, voltada para os profissionais da saúde, aconteceu no auditório da Faculdade São Paulo (FSP), que ficou completamente lotado por profissionais da região da zona da mata: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, Agentes Comunitários de Saúde, acadêmicos e equipes do Programa Saúde da Família (PSF).

A palestrante, coordenadora estadual do Programa do Tabagismo em Rondônia, enfermeira Cremilda Queiroz, ressaltou a importância da conscientização contra o uso de cigarros e falou sobre o perigo que o tabagismo oferece à saúde dos fumantes ativos e passivos.

Para o Secretário Municipal de Saúde de Rolim de Moura, Jair Rocha, é preciso intensificar a campanha contra o Tabagismona saúde pública. "Hoje o cigarro mata cinco milhões de pessoas no mundo,no Brasil mata quase cinco mil por ano. Essa é a grande razão pela qual o Governo de Rondônia e as prefeituras municipais estão desenvolvendo esta campanha. Não existe uma dependência química que não traga problemas de saúde, e no caso do cigarro e do álcool é pior ainda, pois se tratam de dependências socialmente aceitáveis", disse.

 

TABAGISMO

O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Estima se que 1,3 bilhões de pessoas sejam fumantes. O total de óbitos, vitimas do uso do tabaco atingiu 200 mil mortes por ano no mundo e 5 mil no Brasil. Muitos já tentaram parar de fumar, mas não obtiveram sucesso por vários motivos, sentindo-se fracos. Os profissionais de saúde promovem um fortalecimento da decisão e dos benefícios de uma vida sem o tabaco, cuidando do psicossocial do individuo.

Fonte - SECOM

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.