News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021

DEPUTADOS ESTÃO INDIGNADOS COM A CLARO POR PROMETER E NÃO ENTREGAR TELEFONIA

Empresa venceu licitação para levar telefonia móvel aos distritos, mas serviço não chegou onde precisa.
Quarta-Feira, 16 de Setembro de 2015 - 15:53

Os deputados estaduais estão indignados com a informação de que o prometido sinal de telefonia celular não mais chegará aos distritos de Rondônia. A Claro venceu a licitação para a expansão da telefonia móvel nos distritos, mas não cumpriu.

Uma tensa reunião na manhã desta quarta-feira (16), no gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, gerou protestos do presidente da Casa, Maurão de Carvalho (PP), e dos deputados José Lebrão (PTN) e Alex Redano (SD).

“A empresa venceu a licitação e se comprometeu em levar o sinal de celular aos distritos, mas a expansão não vai chegar à maioria dos lugares, muitos deles já anunciados. Nós, deputados, e as comunidades dos distritos, nos sentimos enganados e ludibriados por um compromisso feito e não assumido pela empresa”, desabafou Maurão.

Do encontro com os parlamentares, participaram o representante da empresa Claro, Cléber Oliveira Roma e o diretor da Diretoria Executiva de Tecnologia da Informação e Comunicação (Detic), Marcelo Braga.

“É revoltante agora sermos informados de que distritos que foram anunciados com telefonia celular estarem de fora. Com base nas informações da empresa, o próprio governador Confúcio Moura (PMDB) anunciou que chegaria o sinal em muitas localidades e a Claro diz que não vai mais ter o benefício. Como as autoridades ficam perante a população?”, questionou Lebrão.

A revolta do deputado é ainda maior. Ele e Confúcio anunciaram sinal de celular para São Domingos, distrito de Costa Marques, que conta com cerca de 8 mil moradores. “As pessoas sonham com o celular em São Domingos e a empresa assegurou o serviço, que agora não vai mais ser executado. O pior é que busquei junto à Eletrobras a energia para a torre, que foi instalada, mas não vai atender ninguém, pois fica num local desabitado. É de causar revolta”, acrescentou.

Redano reforçou a cobrança dos colegas deputados. “A telefonia para os distritos de Três Coqueiros e Rio Branco, em Campo Novo de Rondônia, era dada como certa e agora não terá mais? Nós divulgamos esse benefício, com base no compromisso assumido pela empresa e agora ficamos indignados, pois nos sentimos enganados”, questionou.

O representante da empresa se limitou a dizer que foi seguida a autorização dada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), e foram investidos R$ 72 milhões na expansão do sinal em Rondônia.

Cleber Roma não soube informar em quais localidades a empresa vai assegurar o sinal de celular.

“Foi feito um investimento sem critério, sem atender às necessidades. Uma vergonha que não podemos tolerar”, completou Lebrão.

Audiência pública

Indignados, os deputados decidiram que marcarão uma audiência pública, com a presença de representantes da empresa, da Anatel, do governo do Estado e moradores dos distritos.

“Precisamos dar uma resposta aos moradores dessas comunidades e saber os motivos para não atender a todos os distritos, como prometido”, finalizou Maurão.

Fonte - decom/ale-ro

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.