News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 09 de Março de 2021

ATÉ QUANDO A ELETRONORTE VAI INFERNIZAR NOSSA VIDA?

Quanto começarão a decolar e aterrissar aviões de outros países, no nosso aeroporto que, até agora, de internacional só tem o apelido?
Terça-Feira, 15 de Setembro de 2015 - 08:12

Numa região em que estão funcionando a pleno vapor duas das maiores hidrelétricas do país, a incompetência, o deboche, a falta de respeito da Eletrobras, têm abusado da paciência da população, castigada com sucessivos apagões. Já foram três em menos de 30 dias, todos longos, sem explicação, absurdos, lamentáveis. Exatamente num momento em que o governo perdeu a vergonha, engolindo o que prometeu: ao invés de diminuir nossas contas de energia, transformou-as num tormento para o consumidor, com preços abusivos e sem lógica. As hidrelétricas estão cumprido seu papel. Geram energia exatamente dentro do que foi projetado. O problema é daí para a frente, onde a sucessão de incompetências,  vergonhosa omissão,  falta de explicação e as costas voltadas para o cliente, comprovam o escárnio e o desrespeito com que essa empresa trata aqueles que pagam algumas das contas mais caras do país. No domingo à tarde, dia de descanso para milhares de pessoas, entre Rondônia e Acre, foi dia de castigo. Outra vez. De novo, por culpa da inoperante Eletrobras, que é eficiente apenas para encher seus cofres, não importa a porcaria de serviço que preste.

É vital que as autoridades do governo, bancada federal, Ministério Público,  direitos do consumidor, entrem de sola nesse assunto, exigindo investigação sobre o que está acontecendo e o porquê dessa vergonhosa situação a que estamos expostos. A raiva que todos sentem por terem sido enganados pelo governo, que anunciou redução da energia e, ao contrário, aplicou um golpe, aumentando vergonhosamente as contas, agora se alia ainda a essa série de apagões que deixam a todos ainda mais revoltados. Está na hora da explicação! Está na hora da reação. Não é mais possível que uma estatal continue tornando nossa vida um inferno, sem que ninguém faça nada!

ATESTADO DE BURRICE

Uma nota de oito linhas, que não diz nada, não explica nada, não se desculpa por nada,  nada promete de que o problema não voltará a acontecer: eis o resumo do que informou a Eletrobras Rondônia ao público, sobre o apagão do último domingo. Nada disse do primeiro e nem do segundo. Muito menos do terceiro. Deu outro atestado de burrice para seus consumidores, taxando-os de ignorantes (não há como deduzir outra coisa da lamentável nota!) e deixando bem claro que está pouco preocupada em informar corretamente sobre o que ocorrendo em Rondônia e Acre, com a seguidas falta de energia. Lamentável!

NOBEL DA IDIOTICE

Dá vontade de rir, só pra não chorar. Nosso aeroporto Jorge Teixeira, que está a um passo de se tornar internacional, deve ser um dos únicos do mundo – senão o único – em que o público não consegue enxergar a pista dos aviões, à noite. Algum gênio (do mal?) achou que seria uma excelente ideia não permitir que quem está na área de alimentação, onde há uma grande vidraça para se ver o pátio de estacionamento das aeronaves, deveria ser isolada com uma película preta. Dos 13 vãos existentes, apenas um, até agora, se viu livre da escuridão. Quem bola uma coisa dessas deveria receber o Nobel da idiotice. Ou o Troféu Burrice da década. Vade retro!

NÃO PÁRA MAIS!

Agora vai mesmo! A transposição, enfim, torna-se uma realidade. Pelo menos 250 servidores do Estado estão sendo passados para o quadro da União, todos os meses. Afora os casos em que advogados rondonienses estão vencendo, uma a uma, praticamente todas as ações contra o governo, nessa questão. Mas o Estado tem tido também participação importante. Trabalhou duro, organizou, brigou, insistiu. Quando a advogado da União que trata do assunto vier a Rondônia, nessa semana, pode trazer ainda mais notícias boas. Enfim, um sonho de duas décadas está andando de verdade!

RAUPP E O MEIO MILHÃO

Problemão para o senador Valdir Raupp, que acabou sendo atingido pelos enormes rolos envolvendo a Petrobras. Notícia nacional do final de semana, dá conta que o parlamentar rondoniense teria recebido, de forma ilegal, meio milhão de reais na campanha eleitoral passada. A denúncia surgiu numa das delações premiadas tão em voga na Operação Lava Jato. Raupp já sabia do caso há tempo e tem batido na mesma tecla: nunca recebeu dinheiro ilegal e todo o dinheiro de campanha está declarado legitimamente na Justiça Eleitoral. Mas, mesmo assim, vai enfrentar uma dura campanha contra ele, daqui para a frente. O rolo será grande.

E A PARTE DA PREFEITURA?

“Os ônibus iniciam as rotas nos terminais definidos pela Prefeitura e rigorosamente nos horários estabelecidos, mas não conseguem manter a velocidade pela falta de mobilidade urbana. As vias não são planejadas, os semáforos não são sincronizados e o trânsito não flui. Uma viagem que deveria demorar 30 minutos acaba demorando 60 minutos. Soluções como a implantação de corredores exclusivos, semelhantes ao existente na Avenida 7 de Setembro, ajudariam na redução do tempo das viagens”. Trecho de nota do Sindicato das Empresas de Transportes (SET) de Porto Velho, explicando que a Prefeitura exige, mas nunca cumpre sua parte nos acordos para melhorar o transporte coletivo.

PERGUNTINHA

Quanto começarão a decolar e aterrissar aviões de outros países, no nosso aeroporto que, até agora, de internacional só tem o apelido?

Fonte - Sérgio Pires - Opinião de Primeira

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.