News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 08 de Março de 2021

FRENTE PARLAMENTAR TRAZ A RO DISCUSSÃO SOBRE POLÍTICAS PARA SERVIÇOS DA ATER

“Rondônia tem sua essência nos serviços de assistência técnica e extensão rural, é pressionada para defender o meio ambiente, porém não recebe nenhum recurso financeiro para isso”
Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2015 - 17:33

Autoridades, técnicos e representantes dos segmentos de assistência técnica e extensão rural de Rondônia reuniram-se com a Frente Parlamentar de Ater em busca de uma nova proposta para os serviços destinados à agricultura familiar. Realizado nesta segunda-feira (14), no auditório do Senac, em Porto Velho, o seminário “A Ater que queremos e o Brasil precisa” está sendo realizado nas cinco regiões do país. O desafio agora foi lançado em Rondônia que deverá levantar as principais demandas e necessidade para o bom desempenho do serviço na região Norte.

A Frente Parlamentar de Assistência Técnica e Extensão Rural é formada por 212 deputados. Presidida pelo deputado mineiro, Zé Silva (MG), a Frente pretende unir forças para a valorização do serviço através da visão daqueles que vivem e defendem a extensão rural. É um debate esclarecedor que resultará na elaboração de um relatório com sugestões de relevância para ser apresentado à Câmara dos Deputados, no dia 8 de dezembro, em Brasília, durante as comemorações de 67 anos do serviço de Ater no País.

Zé Silva falou ainda do seu empenho em favor da extensão rural desde o seu primeiro mandato e que, em 2012 aprovou uma emenda no valor de cem milhões de reais, recursos esses de grande importância para a implantação do programa “Brasil Sem Miséria”. “Foi a primeira vez que foi colocado um recurso para esse segmento”, disse.

O deputado federal Bohn Gass (RS), em análise aos últimos anos dos serviços de Ater falou das perdas das instituições com a extinção da então Embrater (Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão Rural, extinta em 1990), que regia todas as instituições do país e a importância da Agência Nacional de Ater (Anater), criada recentemente. “A extinção da Embrater foi um atentado à extensão rural do país, pois tirou as políticas públicas e os recursos financeiros, deixando as instituições com grandes dificuldades, agora com a Anater isso tudo foi retomado”.

Mais apoio para Rondônia

Para o coordenador da Frente Parlamentar para a região Norte, deputado federal Luiz Cláudio Pereira Alves (RO), é muito importante que o debate acerca dos serviços de Ater seja realizado com a participação de todos os que fazem parte dele para que se possa levantar propostas de real necessidade para o segmento, mas pediu atenção especial ao estado de Rondônia. “Rondônia tem sua essência nos serviços de assistência técnica e extensão rural, é pressionada para defender o meio ambiente, porém não recebe nenhum recurso financeiro para isso”, explica.

O vice-governador Daniel Pereira, que também esteve presente na abertura do seminário “A Ater que queremos e o Brasil precisa”, enfatizou o trabalho realizado pelas instituições de assistência técnica e de extensão na zona rural dizendo que, “se Rondônia é o que é hoje, muito se deve à agricultura familiar e a tudo que vem do campo.”

A Ater que queremos

Findada a solenidade de abertura deu-se início às discussões com a realização do primeiro Painel para levantamento das demandas e necessidades da região norte para o bom desempenho dos serviços de Ater. Representantes de instituições como: Luiz Gomes (Emater-RO), Paulo Guilherme Cabral (Anater), Gilmar Bruneto (Fazer), Andreia Parrilla (MAPA), Hur Ben (MDA) e Lucio Valadão (Asbraer) fizeram suas explanações enquanto as propostas iam sendo encaminhadas.

Em sua apresentação, o presidente da Emater-RO, Luiz Gomes Furtado, fez um breve histórico da instituição em Rondônia e da atual estrutura que conta com 86 unidades de atendimento distribuídas nos 52 municípios do estado. Hoje somos uma empresa do governo estadual, explica falando do período de transição que a Emater-RO vem passando desde a alteração de sua identidade jurídica para empresa pública. Na oportunidade Luiz falou da necessidade de se promover mais a capacitação técnica dos extensionistas rurais e de que as ações de serviços de ater possam ser vistas também com uma ação social.

O período da tarde foi reservado para o segundo Painel com a apresentação das entidades que atuam em parceria com os serviços de assistência técnica e extensão rural no estado, feito pelos seguintes representantes: deputado estadual Lázaro Dobre (Comissão de Agropecuária e Política Rural/CAPR) da Assembleia Legislativa de Rondônia, Hélio Dias (Faperon), Edson Quevedo (Sicoob), Dionísio Pereira Braga (Conselho das Secretarias Municipais de Agricultura), Cesar Teixeira (Embrapa) e Jurandir Pereira (Associação dos Servidores da Emater-RO).

As propostas colhidas durante todo o evento serão consolidadas e encaminhadas para uma discussão em nível nacional e apresentada também na Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural, prevista para ser realizada em meados de abril/2016.

Fonte - assessoria de comunicação

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.