News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 16 de Janeiro de 2021

GOVERNO ATENDE PEDIDO DE DR. NEIDSON PARA MELHORAR A ENERGIA EM CUJUBIM E BURITIS

Dr. Neidson havia feito a reivindicação devido às constantes quedas de energia naqueles municípios, bem como em toda a região, o que ocasiona transtornos e prejuízos aos produtores e comerciantes.
Domingo, 13 de Setembro de 2015 - 09:24

Atendendo a uma reivindicação do deputado estadual Dr. Neidson (PTdoB), o governo do estado, através da Eletrobrás, escritório Rondônia, iniciou os trabalhos de recuperação de toda a linha de energia nos municípios de Cujubim e Buritis, deixando-os aptos a receberem a energia gerada pelo linhão.

Dr. Neidson havia feito a reivindicação devido às constantes quedas de energia naqueles municípios, bem como em toda a região, o que ocasiona transtornos e prejuízos aos produtores e comerciantes.

Em seu pedido, Neidson justificou ao governador que, apesar de gerar mais de 3 mil megawatts de energia para o país, Rondônia paga a energia mais cara e muitos municípios sequer tem o benefício de uma energia limpa e constante.

O parlamentar, que por várias vezes reclamou do valor da tarifa de energia elétrica para o Estado de Rondônia, disse que é um absurdo o estado servir apenas como fornecedor do maior volume energético da região Norte e ser um dos mais penalizados com a conta no final do mês.

Com relação aos municípios de Cujubim e Buritis, Dr. Neidson salientou que estão localizados em uma área de intensa produção madeireira e agropecuária, necessitando de uma maior atenção das autoridades para que possa ter um desenvolvimento sustentável.

O deputado disse que acompanhará os trabalhos que estão sendo realizados para que a obra termine o quanto antes e os municípios de Cujubim e Buritis possam ter uma melhor qualidade de vida para as suas populações.

Fonte - David Casseb/Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.