News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 16 de Janeiro de 2021

QUEM DEVOLVERÁ O QUE RAMIRES PERDEU PARA A INJUSTIÇA ?

O mais triste nessa história terrível é que as injustiças perpetradas contra Ramires nunca serão apagadas. Ele viverá o resto dos seus dias sob o peso de ter sido condenado muito antes de ter o verdadeiro julgamento!
Sabado, 12 de Setembro de 2015 - 08:15

E agora? Durante longo tempo, o então secretário de Serviços Urbanos da  administração Roberto Sobrinho, foi vítima de uma saraivada de acusações. Várias denúncias foram feitas e parte da mídia transformou Jair  Ramires, sempre reconhecido como um trabalhador voraz, batalhador e preocupado com sua cidade, como se fosse um simples delinquente. Seus crimes seriam tantos que o homem  simplório. que vivia com roupas comuns e mãos sujas de terra, acabou como o sujeito mau, que teria passado todo o período do mandato no cargo que ocupou, preocupado apenas com seu bolso. Jair teve sua vida praticamente destruída. Desde o final do mandato de Sobrinho, fora da vida pública, teve enormes dificuldades, inclusive para conseguir trabalho. A pecha que lhe foi imputada,até com pesadas acusações vindas do Ministério Público, acabou destroçando a longa vida dedicada às comunidades  a que serviu (primeiro Ji-Paraná e depois Porto Velho). Mas agora, tanto tempo depois, Jair Ramires foi absolvido em todas as acusações. O Judiciário, que analisou detidamente todas as denúncias e ouviu obviamente toda a sua defesa, chegou à conclusão de que ele não cometeu qualquer delito.

E os pré-julgamentos? E as denúncias que dominaram parte da mídia por meses? E a publicação de fotos do ex secretário como se fosse um marginal, preso por crimes que não cometeu, segundo a Justiça? Quem vai devolver a dignidade a esse homem? Quem vai explicar aos seus familiares, amigos e muitos admiradores que as coisas não foram bem assim, que ele não é um criminoso, que, enfim, tudo mão passou de um mal entendido?  O mais triste nessa história terrível é que as injustiças perpetradas contra Ramires nunca serão apagadas. Ele viverá o resto dos seus dias sob o peso de ter sido condenado muito antes de ter o verdadeiro julgamento!

ATÉ O FIM DOS TEMPOS

A verdade é que não há nada que se faça para devolver a paz e a dignidade engolidas, por acusações nunca comprovadas, em relação a Jair Ramires. A única possibilidade de se tirar alguma coisa positiva dessa lamentável história, seria se o sacrifício dele servisse para que outras pessoas, na mesma situação, não sentissem o peso e a tristeza de serem alvos de injustiça. Mas todos sabemos que isso nunca acontecerá, porque a injustiça é perene, atravessou os tempos, continuará existindo até o fim dos dias, porque ela é humana e persistirá, enquanto o Homem for Homem...

RESUMO DA ÓPERA

Mais de 3 milhões de reais em multas aplicadas; 14 pessoas presas e 93 balsas e dragas apreendidas: esse é o resumo da Operação Azougue, realizada esta semana no rio Madeira, contra o garimpo ilegal de ouro. Todas as embarcações notificadas, que não forem retiradas ainda do rio, poderão ser destruídas (são 104 no total), caso não cumpram as exigências legais. O secretário de segurança do Estado, delegado Antonio Carlos dos Reis, que comandou uma operação com mais de uma centena de homens, avisou: a fiscalização, a partir de agora, será permanente. Dragas e balsas na área proibida do Madeira, não mais, garante!  Vamos ver se essa promessa será mesmo cumprida.

MARIANA VAI OU NÃO VAI?

A deputada federal Mariana Carvalho, do PSDB, é a entrevistada no programa DIRETO AO PONTO, apresentado neste sábado, para todo o Estado, pelas emissoras que formam o conjunto de mais de duas dezenas de emissoras da SICTV/Rede Record. Na conversa com o apresentador Sérgio Pires, Mariana falou sobre sua possível candidatura à Prefeitura de Porto Velho, no ano que vem e sobre sua atuação no Congresso, até agora. Ela tem sido um dos nomes mais destacados da bancada federal, neste início de mandato. O programa vai ao ar neste sábado, 13h20 da tarde.

SEGUNDA PERIGOSA

O final de semana chega com sérios riscos de ocorrer um conflito poucas vezes antes visto em Porto Velho. Moradores da invasão Bairro Universitário, que terão que deixar suas casas até esta segunda-feira, já avisaram que vão reagir à ação da Polícia Militar. Nesta semana, eles realizaram dois protestos de grande vulto. Primeiro, fecharam as duas pistas da avenida Mamoré, quinta à noite, colocando fogo em pneus e madeira. Nesta sexta de manhã, fecharam a BR 364, usando a mesma tática. Como não houve acordo com o proprietário da área, a Justiça determinou a retirada de todas as famílias nesta segunda. Preparemo-nos para más notícias...

CADÊ A GRANA?

Projeto mal feito, desorganização, falta de informações e nenhuma empresa participando das licitações: a sucessão de erros causou uma perda de meio milhão de reais para a Prefeitura de Rolim de  Moura. Isso mesmo! O dinheiro, conseguido através de emenda do deputado federal Nilton Capixaba, seria utilizado para asfaltamento de várias ruas, beneficiando centenas de famílias. Só que voltou para os cofres da União, por não ter sido utilizado em tempo hábil. Numa cidade que já está eNterrada em dívidas, não poderia ter acontecido coisa pior...

PERGUNTINHA

A média de 10 presos por estarem dirigindo embriagados nas rodovias, estradas e cidades rondonienses, será mantida nas blitz deste final de semana?

Fonte - Sérgio Pires - Opinião de Primeira

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.