News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 04 de Março de 2021

LENHA NA FOGUEIRA: 07 DE SETEMBRO - PARTE 2

Começa que o local da concentração não é e nunca foi adequado para tal. Primeiro que aquele trecho da Jorge Teixeira faz parte da BR 364 ou será a 319. Isso quer dizer, passagem de carretas e mais carretas no rumo do Porto.
Quinta-Feira, 10 de Setembro de 2015 - 16:02

Voltando a Parada de 7 de Setembro em Porto Velho! Temos que admitir, que de boa vontade o mundo está cheio e cansado. Não podemos mais aceitar, que eventos como os desfiles em comemoração a independência do Brasil, sejam tão mal produzidos como foi o da última segunda feira em Porto Velho.


Começa que o local da concentração não é e nunca foi adequado para tal. Primeiro que aquele trecho da Jorge Teixeira faz parte da BR 364 ou será a 319. Isso quer dizer, passagem de carretas e mais carretas no rumo do Porto.


E mais, é ponto de ligação com o aeroporto internacional e com o Hospital de Base. Ainda abriga a garagem de uma empresa de ônibus interestadual, um grande supermercado, uma loja de departamento que não fecha nem na sexta feira Santa entre outras coisas.


Some-se a isso tudo a falta de local para estacionar. Um pai ou uma mãe de família que quisesse assistir os desfiles com sua prole, tinha que caminhar por aproximadamente 2 quilômetros, já que o trânsito foi interditado na esquina da rua Calama com a Jorge Teixeira e os desfiles aconteceram na Imigrantes.


E mais, o palanque oficial ficou mais para a rua Rio Madeira que para a Jorge Teixeira.


Vamos para a área do desfile propriamente dita, ou seja, a avenida dos Imigrantes.


Essa não tem ou não tinha iluminação adequada, para um evento do porte dos desfiles de 7 de Setembro.


Não posso acreditar que o governo estadual, ou seja, lá quem for, não conte com recursos para contratar uma estrutura de vergonha, com arquibancadas que abrigasse pelo menos CINCO MIL pessoas.


Um sistema de SOM que se ouvisse pelo menos a dez metros do PALANQUE (pelos lados) o ideal seria a distribuição de CAIXAS DE SOM pelo menos em locais estratégicos da avenida, para que o público soubesse quem estava se apresentando. O som colocado só servia mesmo a quem estava na frente do Palanque e assim mesmo, quando as bandas de música começavam a tocar não se entendia nada. O pobre do Lenilson Guedes se esgoelava e mesmo assim não era entendido.


Porém, nem tudo foi só falta de consideração. Acertaram ao colocar Tendas para abrigar mulheres grávidas, com criança de colo, abrigar os idosos e portadores de deficiência. Nota DEZ para a organização.


O policiamento também merece destaque. Acho que no mais, só a atitude do General Costa Neves que na hora da chuva autorizou que mulheres com crianças se abrigasse no Palanque oficial.


É por isso que lançamos a campanha: Transforme o Parque dos Tanques no Espaço para abrigar nossos grandes eventos.


Isso enquanto aquele que dizem que vai ser construído na área onde hoje está o aeroclube não fica pronto. Esse, tenho quase certeza que nem meus netos irão conseguir assistir qualquer evento, pois tenho quase certeza que não sairá do papel.


No Parque dos Tanques eventos como a Parada de 7 de Setembro, Flor do Maracujá (que já esta acontecendo lá), desfile das escolas de samba, feira municipal Portoagro que vai acontecer ainda este mês e quem sabe a Exposição Agropecuária de Porto Velho que já foi chamada de Expoagro e Expovel.

 


Nosso povo não precisa passar por humilhação como a que aconteceu com a Parada de 7 de Setembro deste anos e dos anos anteriores. Só que em 2015 o negócio foi pior.


Economizar é uma coisa, miserabilidade é outra, ainda mais quando se vê todos os dias denuncias de desvios do erarário público.


Os desfiles de 7 de Setembro foram bonitos, mas, poderiam ser muito mais bem produzidos e o público com mais espaço para assisti-los. 

Fonte - Zé Katraca

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.