News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Domingo, 07 de Março de 2021

TÁ NA LENTE: PADRASTO CONFESSA TER MATADO ENTEADO E DIZ QUE MATOU PARA NÃO MORRER (VÍDEO)

Indagado sobre o saco que foi encontrado ao lado da cabeça de Mateus, indicando possível asfixia, Lucinei disse que iria usar o saco preto para colocar o corpo e o desovar em outro local, mas desistiu da ideia.
Quinta-Feira, 10 de Setembro de 2015 - 10:32

Por Júlio Malta
Da Redação NewsRondônia

Porto Velho, RO – Se apresentou no final da manhã desta quinta-feira (10), na Delegacia de Homicídios, Lucinei Ramos de Lima, 32 anos, que é acusado de ter assassinado com várias facadas o próprio enteado, identificado com Mateus Melo de Souza, 19 anos, que foi ferido com cerca de 10 facadas. O crime ocorreu na última segunda-feira, feriado de 7 de Setembro. RELEMBRE O CASO AQUI.

Em entrevista ao Jornal NewsRondônia, o Lucinei afirmou que teria chegado em casa por volta das 10h30 e encontrado a porta arrombada, quando viu Mateus tomando banho, o indagou sobre o porque dele ter quebrado a porta, e disse que ele deveria arrumar a mesma. O jovem teria proferido palavras de baixo calão contra Lucinei, que após a discussão foi para seu quarto. Em dado momento, Mateus teria se apossado de uma faca e partido para cima de Lucinei, gerando vias de fato e consequentemente ferimentos. “Ele veio pra cima de mim e me esfaqueou na mão, eu o matei pra não morrer” relata o suspeito, afirmando que desde que Mateus entrou para a Base Aérea ficou mais agressivo.

Indagado sobre o saco que foi encontrado ao lado da cabeça de Mateus, indicando possível asfixia, Lucinei disse que iria usar o saco preto para colocar o corpo e o desovar em outro local, mas desistiu da ideia. “Eu saí de casa e deixei o corpo lá, já sabendo que ele estava morto. Fui à busca de socorro para os ferimentos da minha mão, que sangrava bastante” revela. O homem diz ainda que estava morando há cerca de 1 ano e dois meses com a mãe de Mateus, e que os filhos dela não aceitavam o fato de ter padrasto.

Após cometer o crime, Lucinei fugiu para Itapuã do Oeste, onde teria ficado escondido até a data de hoje, quando se apresentou com o Advogado Dr. Janor Ferreira. O homem prestou esclarecimentos e em seguida foi levado pelo próprio advogado para realizar exame de corpo de delito, no Instituto Médico Legal. Ele responderá pelo crime em liberdade.

Fonte - Júlio Malta - NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.