News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

GOVERNADOR CONFÚCIO MOURA PARTICIPA DE REUNIÃO SOBRE ECONOMIA NACIONAL COM GOVERNADORES DO PMDB

Confúcio Moura disse que os governadores tiveram a preocupação de chamar o vice-presidente Michel Temer, o presidente do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, para discutir as dificuldades vivenciadas neste momento.
Quarta-Feira, 09 de Setembro de 2015 - 14:18

O governador de Rondônia, Confúcio Moura, participou na noite de terça-feira (8), no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República, em Brasília, de um jantar com a cúpula nacional do PMDB para discutir a crise econômica enfrentada pelos governos estaduais e municipais e propor soluções para a economia nacional.

O evento teve como foco uma agenda propositiva de reformas com alternativas que permitam que a economia brasileira volte a crescer. Confúcio Moura disse que os governadores tiveram a preocupação de chamar o vice-presidente Michel Temer, o presidente do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, para discutir as dificuldades vivenciadas neste momento.

Confúcio Moura afirmou que a atual crise está mexendo com todos e esse é o melhor momento para se fazer os encaminhamentos. Para ele, é necessário encarar as reformas, e a reforma previdenciária é uma delas. O governador de Rondônia disse ainda que é necessária a injeção de liquidez por parte do governo, via Tesouro. Segundo ele, o dinheiro pode ser de bancos ou de qualquer modalidade que possa vir a gerar o crescimento do país. “Precisamos encontrar mecanismos para ter dinheiro na praça que gere movimento, riqueza e emprego” explicou.

Moura destacou que a decisão é unânime entre eles de não sobrecarregar ainda mais o povo brasileiro de tributos, porque o empresariado está retraído devido a situação de incerteza. “Quanto mais se fala em imposto, mais o empresariado se retrai. Isso vira um círculo vicioso, eterno, de um com medo do outro, com isso a economia se retrai cada vez mais. A alternativa é política, é nossa. Nós que temos que dar essa luz”, comentou.

O vice-presidente da República, Michel Temer disse que a equalização orçamentária para evitar o déficit estimado em R$ 30 bilhões em 2016 incide, primeiramente, pelo corte de despesas. Temer disse também que aumentos de impostos só ocorrerão em último caso. Em princípio está descartado.

Dos sete governadores peemedebistas, compareceram ao jantar Luiz Fernando Pezão (RJ), José Ivo Sartori (RS), Marcelo Miranda (TO), Paulo Hartung (ES) e Renan Filho (AL). Apenas o governador Jackson Barreto (SE) não participou em razão de uma licença médica. Os líderes do PMDB no Senado Eunício Oliveira (CE), e na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), além dos ministros Kátia Abreu (Agricultura), Eliseu Padilha (Secretaria de Aviação Civil), Helder Barbalho (Pesca e Aquicultura) e Edinho Araújo (Secretaria de Portos) também participaram.

Fonte - decom/gov-ro

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.