News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021

ENERGIA SUSTENTÁVEL DO BRASIL É PARCEIRA DA SEMUSA EM INICIATIVAS CONTRA DOENÇAS E AGRAVOS NÃO TRANSMISSÍVEIS

Através do Programa de Saúde Pública, a empresa desenvolve ações voltadas para a saúde das comunidades e trabalhadores da Usina Jirau
Quinta-Feira, 03 de Setembro de 2015 - 10:42

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica Jirau, promoveu em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA), o “I Seminário de Doenças e Agravos Não Transmissíveis” e o “I Fórum de Monitoramento da Década de Segurança Viária”. Cerca de 200 pessoas, entre gestores, acadêmicos, profissionais de saúde de comunidades rurais e urbanas, participaram dos eventos realizados nos dias 18 e 19 de agosto, no auditório do Aquarius Selva Hotel em Porto Velho.

Segundo o Ministério da Saúde, as doenças e agravos não transmissíveis (DANT) são doenças não-infecciosas, doenças crônicas não transmissíveis e doenças crônico-degenerativas, como câncer, diabetes, hipertensão, depressão, doenças genéticas, agravos causados por acidentes e violências, entre outros males. As DANTs são responsáveis por 76% da mortalidade geral, 63% das internações e 73% dos gastos por internações de indivíduos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Representando a ESBR no evento, o gerente de Meio Ambiente e Socioeconomia, Veríssimo Alves Neto, reforçou a preocupação da empresa com a população residente nas áreas de influência direta e indireta da Usina Hidrelétrica Jirau. Para tanto, desde 2009, a empresa atua em parceria com a SEMUSA no Programa de Saúde Pública, desenvolvendo um conjunto de ações, eventos, campanhas e capacitações. Neto lembrou ainda do empenho da ESBR para viabilizar equipamentos de combate à malária, veículos e implantação de unidades de saúde.

O consultor da OIKOS para a ESBR, no Programa de Saúde Pública, Fábio Costa, ressaltou que “a qualificação dos profissionais que atuam na rede de assistência à saúde municipal é fundamental para compreensão do perfil epidemiológico do município. Assim, é possível elaborar as estratégias para controle das doenças, bem como a melhoria do tratamento dos pacientes”, explicou Costa.

Ainda segundo o consultor, a meta da ESBR é contribuir na organização das atividades de educação em saúde nas unidades e localidades da área de influência da Usina Jirau, além de apoiar programas de atualização e capacitação sobre doenças e agravos transmissíveis e não transmissíveis. “Aqui estão reunidos gestores e profissionais da saúde de comunidades rurais e urbanas, e isso para a UHE Jirau é motivo de muito orgulho e satisfação, pois os investimentos estão sendo direcionados para formação de pessoal qualificado da região. Com esse esforço, o profissional da saúde é qualificado, melhorado e os serviços são prestados à população usuária do SUS em nível local, de forma mais humanizada e tecnicamente adequada”.

No evento, foram apresentados os resultados obtidos em Porto Velho e discutidas as propostas para os próximos cinco anos. Ao final, as sugestões oferecidas foram encaminhadas à relatoria, para elaboração de documento técnico e pactuações para os poderes públicos realizarem as medidas de prevenção e controle de acidentes e violência no trânsito.

Fonte - uhe jirau

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.