News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 27 de Fevereiro de 2021

CAIXA ECONÔMICA SINALIZA QUE RONDÔNIA PODE INAUGURAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

Paulo Galli destacou ainda que o produto construído pela empresa necessita de aprovação de órgãos externos. “Em breve este produto elaborado e complementado poderá operar no Estado de Rondônia”, afirmou.
Quinta-Feira, 27 de Agosto de 2015 - 15:03

A Caixa Econômica Federal (CEF) quer implementar projeto de previdência complementar que visa manter o padrão salarial dos servidores públicos estaduais equivalentes na aposentadoria ao período da ativa. Esta foi a afirmação do vice-presidente da autarquia, Paulo Galli, durante reunião com o governador de Rondônia Confúcio Moura na quarta-feira (27).

Ao fechar o ciclo de reuniões na capital federal, o governador debateu o tema nos ministérios da Fazenda e Previdência Social, e INSS.  Confúcio Moura recebeu a informação de que já está sendo criado na Caixa um plano com objetivo de fomentar a previdência complementar nos Estados.  Paulo Galli destacou ainda que o produto construído pela empresa necessita de aprovação de órgãos externos. “Em breve este produto elaborado e complementado poderá operar no Estado de Rondônia”, afirmou.

O governador ressaltou que o projeto garantirá as aposentadorias dos futuros funcionários públicos do Estado.  Segundo ele, a Caixa é o órgão público credenciado para disseminar a previdência complementar para todos os Estados e municípios do país. “A gente não tinha ainda esse órgão protetor dos Estados e municípios. Com essa garantia Rondônia será o primeiro Estado da Federação a assinar o contrato”, comemorou. O plano complementar ainda não possui nome formal, mas deve entrar em vigor em sessenta dias.

O Iperon é o órgão estadual responsável pela administração dos mais de 6.500 aposentados e pensionistas.

Fonte - decom/gov-ro

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.