News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

CREMERO APROVA RESOLUÇÃO QUE INSTITUI A APLICAÇÃO DE EXAME PARA MÉDICOS RECÉM-FORMADOS NO ESTADO

Má qualidade dos cursos seria o motivo para a criação da nova norma, que deverá entrar em vigor a partir do próximo dia 28
Quarta-Feira, 26 de Agosto de 2015 - 16:40

Foi aprovada a Resolução nº 3/2015 que institui o exame do Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero) como instrumento de avaliação da formação dos profissionais recém-graduados. A votação aconteceu neste mês de agosto em plenária extraordinária realizada na autarquia e a norma deverá valer a partir do próximo dia 28 em todo o estado.

O Cremero afirma que a regra foi desenvolvida com base na grande quantidade de faculdades de medicina existentes no Brasil, país que tem o segundo maior número de instituições no mundo,  perdendo por pouco para a índia, que tem população muito maior. Alega, também, que é alto o número de reprovações existentes no estado de São Paulo, local que já aplica a avaliação para os médicos recém-formados há 10 anos, conforme relatou o ex-presidente e atual secretário geral do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) Renato Azevedo, que esteve em Porto Velho para compartilhar os resultados obtidos pela instituição paulista. “Os maiores problemas nas escolas médicas são os projetos pedagógicos inadequados, corpo docente insuficiente e sem qualificação, ausência de hospitais-escolas, turmas com grande número de alunos, falta de estrutura como biblioteca, entre outros equipamentos”, destacou Renato que ainda citou os valores excessivos das mensalidades dos cursos de medicina.

O secretário geral do Cremesp informou que o Brasil possui 256 escolas de medicina, sendo 56 no estado de São Paulo. De 2010 a 2015, foram criadas mais 36 instituições em todo o país, dessas, 13 naquele estado.

Ciente de que há cidades no país que não possuem um número satisfatório de professores para a quantidade de alunos dos cursos de medicina existentes, o presidente do Cremero Rodrigo Almeida exemplificou mencionando alguns pequenos municípios com apenas 50 médicos que estão abrindo faculdades, quando seriam necessários aproximadamente 200 professores para a formação dos estudantes matriculados. Ressaltou a importância da vinda do secretário geral do Cremesp para apontar a necessidade da criação da prova. “O Renato veio contar para nós sobre a experiência do Cremesp na aplicação do exame que já é feito em São Paulo, apesar de todas as dificuldades, e falar sobre o que eles têm de resultado na avaliação aplicada aos alunos que acabam de se formar no curso de medicina”.

Para mostrar a relevância da aplicação do exame, Renato deu números que apontam para a má formação dos médicos em São Paulo. Segundo o médico, de 2001 a 2010, aumentaram em 202% os processos ético-profissionais. Cerca de 50% relacionados à má prática e o restante a outras infrações do Código de Ética Médico.

Resolução 3/2015

Resolve que o “Exame Cremero” será realizado anualmente. Consistirá em teste cognitivo, abrangendo as áreas essenciais da medicina, com ênfase nos conteúdos básicos imprescindíveis ao bom exercício profissional. Diz ainda que a não participação do recém-formado na avaliação subsequente à inscrição irá acarretar o imediato cancelamento de seu registro.

A prova será elaborada sob a responsabilidade do Cremero, que poderá contratar professores ou instituições competentes para a sua execução.

Fonte - assessoria de comunicação

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.