News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 09 de Março de 2021

SEMUR PROMOVE PROJETO SOCIAL COM BENEFICIÁRIOS DO CIDADE DE TODOS I

Márcia Luna ,secretária da Semur, falou sobre a importância deste projeto social que é o pós entrega de casas
Quarta-Feira, 26 de Agosto de 2015 - 10:08

A Prefeitura de Porto Velho promoveu entre os beneficiários do projeto Cidade de Todos I, no último final de semana, uma palestra coordenada pela Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur) e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema). O foco foi sobre educação ambiental, patrimonial e sanitária realizada com intuito de orientar os moradores em relação a sua convivência entre eles, resíduos e meio ambiente.

Márcia Luna ,secretária da Semur, falou sobre a importância deste projeto social que é o pós entrega de casas. “É importante que eles saibam que passam a viver outra realidade quando se mudam para projetos habitacionais como este. É preciso entender que é uma outra realidade, uma outra convivência, que o lixo deve ser destinado melhor, saber da importância em viver em harmonia com o vizinho e como ele pode cuidar do meio ambiente. As casas são conjugadas, as pessoas moram muito perto umas das outras, então devemos orientar a forma como devem agir para evitar as divergências entre vizinhos”, disse a secretária.

 Na reunião surgiu a ideia de eleger um representante para comunidade com a finalidade de monitorar e orientar as pessoas. “O lixo é para ser armazenado da forma correta, seletivamente. E é isso que precisamos bater em cima, para não jogar lixo na rua, colocar da maneira correta dentro da lixeira e evitar colocar sacolas no chão para que os animais não venha rasgar e espalhar tudo nas ruas”, informou a secretária.

 “Acho muito legal esse projeto. As pessoas não tem muito jeito como lidar com as pessoas no dia a dia, imagina tento que conviver todos os dias bem de perto. Não é de costume do nosso povo cuidar do lixo e muito menos do meio ambiente, eles não tem essa preocupação, mas precisamos nos conscientizar que nós dependemos dele”, falou a moradora Samia Rosa Alves Brito.

 De acordo com Márcia Luna,  o trabalho não termina quando entregamos as casas, a secretaria tem essa preocupação esse projeto social é de grande valia para a comunidade. “Aqui tem 114 famílias, entre crianças, adultos e adolescentes que precisam dessa socialização da maneira adequada, se preocupando com o contexto em geral, não podem apenas pensar de maneira individual”,declarou.

Fonte - assessoria de comunicação

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.