News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 08 de Março de 2021

MEMBRO DE CPI NEGA REUNIÃO COM ZÉ ROVER EM BRASÍLIA E PREVÊ CASSAÇÃO DO PREFEITO

“Não sabíamos que Rover estava em Brasília, e nem por acaso o encontramos. Aliás, nem fazíamos questão disso”, declarou o vereador
Sabado, 22 de Agosto de 2015 - 16:53

VILHENA - Ao contrário de rumores que circularam na cidade ao longo da semana, os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instaurada na última terça-feira, 18, pela Câmara de Vereadores de Vilhena não se reuniram com o prefeito Zé Rover, acusado de pratica de irregularidades na gestão, na capital federal.

É fato que tanto o prefeito quanto os vereadores Vanderlei Graebin (SDD) e Carmozino Alves (SDD) estiveram na capital federal, mas teriam cumprido agendas distintas, segundo Vanderlei. “Não sabíamos que Rover estava em Brasília, e nem por acaso o encontramos. Aliás, nem fazíamos questão disso”, declarou o vereador, na manhã deste sábado, 22.

Vanderlei explicou que o deslocamento à capital federal já estava agendado com antecedência, e foi decorrente da Marcha dos Vereadores, evento anual realizado pelos poderes legislativos municipais de todo o país. Por outro lado não se sabe qual era a agenda do prefeito Rover em Brasília.

Sobre os problemas que o Chefe do Executivo enfrenta e seu posicionamento em função do vínculo que possui com Zé Rover, Graebin fez questão de deixar claro dois pontos. “Primeiro, de antemão posso dizer que a situação do prefeito é muito difícil, e creio que ele não escapa da cassação. Em segundo lugar quero que todos entendam que sou grato ao apoio que Rover me deu na campanha do ano passado, no entanto uma coisa nada tem a ver com a outra. Tenho uma função e obrigação a cumprir como parlamentar, vou trabalhar com transparência e zelo e fazer o que tiver que ser feito após o levantamento dos fatos. Se tivermos que punir o prefeito de forma severa isto acontecerá”, afirmou.

Graebin também comentou que a base de apoio de Rover no Parlamento está esfacelada. “Está até perigoso ficar próximo do Zé neste momento, pois pode ser até prisão garantida”, declarou. Ele encerrou afirmando que a partir de agora só conversa com o prefeito no gabinete dele e com pelo menos três testemunhas de sua confiança.

Além de Vanderlei Graebin e Carmozino Alves, que ocupam a função de membro e presidente da CPI,  o vereador Célio Batista (PP) também faz parte da Comissão na condição de relator.

Fonte - EXTRADERONDONIA

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.