News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 02 de Março de 2021

LENHA NA FOGUEIRA: FEDERON

Um Seminário onde fosse feita a avaliação das apresentações de todos os grupos, nos diversos arraiais que acontecem em Porto Velho entre os meses de junho e agosto.
Sabado, 22 de Agosto de 2015 - 10:24

E hoje é o dia do Folclore e mais uma vez, questionamos a Federação de Grupos Folclóricos sobre a ausência de uma programação específica para comemorar a data.


Seria ótima se a Federon colocassem em seu calendário, senão um festival folclórico para lembrar o dia, pelo menos um Seminário onde seriam discutidas as propostas do segmento.


Um Seminário onde fosse feita a avaliação das apresentações de todos os grupos, nos diversos arraiais que acontecem em Porto Velho entre os meses de junho e agosto.


Principalmente as apresentações no Flor do Maracujá. Aliás, o próprio Flor do Maracujá precisa ser repaginado, precisa ser adequado aos dias atuais, tem que ser um arraial contemporâneo e não um arraial tradicional.


A Federon precisa levar o Flor do Maracujá visando o comercial, pois é da venda dos seus espaços que nossos grupos folclóricos pretendem sobreviver, já que o governo estadual não quer mais apoiar o evento repassando recursos financeiros aos grupos.


A filosofia contemporânea diz que é preciso se juntar o “Velho” com o “Novo”, pois assim, se trabalha o moderno respeitando a  tradição. Essa é a filosofia Oriental principalmente a ensinada pelos nipônicos.


Certa vez discutindo com o saudoso Flávio Carneiro um ferrenho defensor das tradições folclóricas, fui enfático: Flávio, da vez que se coloca um troféu para ser disputado, acaba-se com a tradição, pois os grupos passam a investir pensando em ganhar o troféu de melhor e não na preservação da cultura.


Para se preservar o folclore é preciso investir em grupos formados por estudantes ou nos chamados grupos infantis.


Por exemplo a prefeitura está divulgando a realização de um Festival de Danças Folclóricas, que aliás começa na noite de hoje e vai até domingo dia 23.


Tenho plena certeza que seus idealizadores e coordenadores, não pensaram em momento algum, em colocar o dito Festival como programação do Dia do Folclore. Eles com certeza, nem lembraram quando programaram o inicio do Festival que hoje se comemora o Dia do Folclore.


Tanto que na nota distribuída pela prefeitura, não encontramos nenhuma palavra que fale sobre o dia do folclore. Confira a matéria distribuída pela assessoria do prefeito de Porto Velho:


Acontece no próximo neste final de semana, dias 22 e 23, das 19 às 22h, na praça Aluízio Ferreira, o I Festival de Danças Folclóricas realizado pela Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed).


As apresentações foram selecionadas através de um processo de inscrições controlado pelo Departamento de Desenvolvimento de Apoio ao Ensino (DADE), aberto a todas as escolas da rede municipal de ensino, que encerrou no dia 5 de agosto. Ao todo 8 instituições demonstraram interesse em participar e compor a programação, que contará ainda com a participação de outros grupos de dança da capital, como o Ayameé, Grupo Yaporanga e a Quadrilha "A Roça é nossa". Os estilos serão variados, como xote, pau de fita, capoeira , carimbó e ballet.


O festival tem o objetivo de promover uma integração entre os estudantes e fortalecer a cultura local com o desenvolvimento da prática das danças folclóricas, segundo explica Adriana Silva dos Santos Gomes, chefe da Divisão de Cultura Escolar, além de favorecer o processo ensino aprendizado, oferecendo o exercício de habilidades motoras, o resgate cultural, a inclusão e inserção social dos estudantes.


Não citou, mas, nós gritamos daqui: Salve o Dia do Folclore!

Fonte - Zé Katraca

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.