News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021

VÍDEO MOSTRA ASSALTO E MORTE DE JOVEM EM ÔNIBUS EM PORTO ALEGRE

Jonas tinha deficiência auditiva e usava dois aparelhos nos ouvidos.
Sexta-Feira, 21 de Agosto de 2015 - 16:27

O vídeo mostra a ação dos assaltantes, que rendem o motorista e o cobrador e recolhem pertences dos passageiros. Depois, o homem que estava armado acaba atirando em Jonas Schmitt de Labernarde, que sai de seu lugar e caminha em direção aos bandidos, antes de ser atingido Jonas tinha deficiência auditiva e usava dois aparelhos nos ouvidos.

Com o vídeo, a polícia espera chegar mais rápido aos assaltantes. A delegacia pede que pessoas que tenham pistas sobre os criminosos entrem em contato para contribuir com a investigação. Os telefones divulgados são (51) 3354-1089, 8459-9660 e 181.

Segundo informações já colhidas com testemunhas no setor de investigação da 15ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, um dos assaltantes tentou tirar algum objeto de Jonas e o jovem olhou para o criminoso, que deu um tapa nele.

Após apanhar, conforme relataram à polícia pessoas que estavam no ônibus, o estudante se levantou e caminhou em direção aos criminosos. É neste momento que um deles disse: "Queima esse!" Em seguida, o assaltante armado atirou. Nesta sexta-feira (21), mais testemunhas serão ouvidas na delegacia.

A polícia ainda não recebeu o laudo do exame da perícia, mas testemunhas relataram que foram disparados cerca de quatro tiros, sendo que o primeiro deles falhou.

Após atingir o jovem, os assaltantes passaram por cima dele, desceram do ônibus e entraram em um carro Uno na cor prata.

O mesmo carro aparece no início das imagens da câmera de segurança, quando os criminosos subiram no coletivo. Ele estava do outro lado da rua. A hipótese levantada pela investigação é que um comparsa seguiu o ônibus e, depois do crime, os bandidos embarcaram no Uno para fugir.

Como foi o assalto

O ônibus onde Jonas morreu saiu de Porto Alegre e ia para Viamão, na Região Metropolitana. Conforme a ocorrência policial, quatro criminosos entraram no coletivo no bairro Partenon, ainda na capital gaúcha, e pouco tempo depois anunciaram o assalto. Passageiros foram roubados, e o estudante acabou atingido por disparos.

O jovem voltava para casa, em Viamão, após mais um dia de trabalho e estudo. Os colegas lamentaram a morte e disseram que não acreditavam em reação de Jonas ao assalto, como inicialmente informou a Brigada Militar.

"A rotina dele, quando voltava para casa, era entrar no ônibus, colocar os fones de ouvido e acionar o despertador para acordar perto de onde tinha que descer. Ele aproveitava para ir dormindo", contou Andreia ao Jornal , antes da divulgação das imagens. "Ele não reagiria... Pode ter se assustado. Era um menino muito calmo, tranquilo, poderia estar dormindo, não ter ouvido...", completou.

"Mesmo assistindo [ao vídeo da câmera de segurança], não entendemos porque ele reagiu. Jamais imaginaríamos reação", resumiu a colega nesta sexta-feira.

Após o assalto, o motorista do ônibus conduziu o veículo até o batalhão da Brigada Militar que fica no limite entre Porto Alegre e Viamão, mas Jonas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Fonte - g1

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.