News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2021

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE RONDÔNIA REALIZA SEGUNDA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DO PROJETO SALTO

A defasagem escolar é um dos motivos pelos quais o índice de evasão escolar cresce em todo País. Isso ocorre quando o aluno tem uma idade superior aos demais colegas de sala.
Segunda-Feira, 17 de Agosto de 2015 - 15:33

A defasagem escolar é um dos motivos pelos quais o índice de evasão escolar cresce em todo País. Isso ocorre quando o aluno tem uma idade superior aos demais colegas de sala. Ao ser retido, o aluno atrasa seus estudos e, com isso, repete o ano com estudantes mais jovens. Por isso, é necessário, segundo educadores, que se faça a correção da idade em relação ao ano escolar para que o jovem não deixe a sala de aula.

Visando dirimir a evasão escolar, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) de Rondônia implantou, em 2014, o projeto Salto, que visa justamente fazer com que o aluno volte a cursar um ano escolar de acordo com sua idade. Nesta segunda-feira (17) teve início a segunda formação de professores, articuladores e supervisores do Salto.

O projeto corrige a defasagem dos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, utilizando a metodologia Telessala e Telecurso, criada pela Fundação Roberto Marinho. Presente em vários estados, esse programa de correção de defasagem escolar vai contemplar 38 municípios de Rondônia, através de 13 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), em 82 escolas, para quase quatro mil estudantes.

Neste ano, o governo do estado fez parcerias com várias cidades para que o Salto também seja ofertado na rede municipal de ensino. Atualmente, mais de 250 trabalhadores em educação estão executando o projeto em Rondônia.

Para a secretaria Fátima Gavioli, o estado não pode medir esforços para manter os alunos em sala de aula. “Por isso o processo avaliativo é tão complexo e pode, muitas vezes, ser o que vai fazer com que o aluno continue ou desista dos estudos”, disse, lembrando que reter o aluno é desmotivador e oneroso.

Ainda segundo ela, nada é tão entristecedor para um educador ver jovens cheios de vida e futuro abandonarem as escolas. “O conhecimento é o caminho que pode nos levar a uma vida melhor”,argumentou.

Fonte - decom/gov-ro

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.