News Rondonia - Noticias de Rondonia, Brasil e o Mundo
Sabado, 16 de Janeiro de 2021

EM AUDIÊNCIA PÚBLICA JESUÍNO BOABAID LEVA ESPERANÇA AOS MORADORES DO UNIVERSITÁRIO

A Procuradoria Geral do Município (PGM) está confiante no êxodo da decisão judicial, pois inúmeros são os motivos para que os moradores ali permaneçam. Um ponto que deixou os aproximados 1.500 moradores do Bairro Universitário esperançosos é no que se refere a uma área já determinada estar à disposição para uma espécie de “troca”, ou seja, se caso a decisão judicial seja a de que o terreno deverá ser restituído ao seu devido dono a área supracitada será oferecida ao proprietário do terreno, para que os moradores não precisem abandonar seus lares que demoraram anos para construir, investindo dinheiro conseguido com um árduo e incessante trabalho.
Terça-Feira, 11 de Agosto de 2015 - 08:43

Aproximadamente 150 moradores do Bairro Universitário lotaram o plenário da Assembleia Legislativa (ALE – RO) nesta segunda-feira (10) durante Audiência Pública realizada para tratar sobre o Bairro que corre o risco de ser devastado por mandado de reintegração de posse. O Universitário está localizado na zona leste da Capital, por trás do Campus de uma faculdade da Avenida Mamoré.

Um vídeo foi passado em um telão mostrando para os parlamentares e demais convidados a realidade vivida pelos moradores do Bairro Universitário. Poeira, matagal, falta de rede de esgoto, iluminação precária e demais problemas fazem parte do dia a dia daqueles populares. O deputado Jesuíno Boabaid (PT do B) relatou que as famílias são submetidas a tais problemas, pois precisam de uma moradia, mesmo sem ser a mais digna que se possa ter, se referindo à falta de interesse do Governo para com as cerca de 150 famílias que ali residem.

Para Jesuíno, os Deputados tem o papel primordial de atender aos pedidos da população, que neles depositaram votos de confiança, afinal, quando você elege um governante é para lhe representar. O parlamentar afirmou que a audiência pública que ali era realizada não era apenas para que todos pudessem ficar ouvindo discursos, mas sim para que se chegue a uma solução. “A vida dos moradores do Bairro Universitário está sendo afetada, pois o amanhã é incerto, principalmente para nossas crianças, que são o nosso futuro” relata.

Se referindo ao suposto dono do terreno, Boabaid declarou que mesmo após adquirir a grande área nenhuma obra ou qualquer outra benfeitoria foi feita, nem sequer uma limpeza para a retirada do imenso matagal que ali existia quando os primeiros moradores chegaram para fazer morada. “O dono do terreno não fez nada pela terra, não pagou impostos, e agora, depois de anos e anos vai querer tirar a moradia dos populares?” desabafou. A presença do Prefeito Mauro Nazif foi questionada na audiência, mas segundo informações, ele estaria em São Paulo acompanhando seu irmão que estaria realizando delicada cirurgia no coração.

A Procuradoria Geral do Município (PGM) está confiante no êxodo da decisão judicial, pois inúmeros são os motivos para que os moradores ali permaneçam. Um ponto que deixou os aproximados 1.500 moradores do Bairro Universitário esperançosos é no que se refere a uma área já determinada estar à disposição para uma espécie de “troca”, ou seja, se caso a decisão judicial seja a de que o terreno deverá ser restituído ao seu devido dono a área supracitada será oferecida ao proprietário do terreno, para que os moradores não precisem abandonar seus lares que demoraram anos para construir, investindo dinheiro conseguido com um árduo e incessante trabalho. Finalizando, o Deputado Jesuíno Boabaid pede para que o governo tenha sensibilidade e faça justiça com o povo daquele Bairro. 

Fonte - Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.