News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sabado, 28 de Novembro de 2020

COMISSÃO PEDE PLANO PARA COMBATER CRIMES NA REGIÃO DA ESTRADA DE FERRO MADEIRA-MAMORÉ

Para traçar estratégias integradas de combate à criminalidade na região da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, representantes do sistema de segurança pública de Rondônia e de entidades da sociedade civil se reuniram nesta sexta feira (24), em Porto Velho.
Sexta-Feira, 24 de Julho de 2015 - 15:59

Para traçar estratégias integradas de combate à criminalidade na região da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, representantes do sistema de segurança pública de Rondônia e de entidades da sociedade civil se reuniram nesta sexta feira (24), em Porto Velho.

O encontro aconteceu na Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), onde o secretário Antônio Carlos dos Reis recebeu a comissão da Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, moradores da Vila Ferroviária, Sindicato dos Soldados da Borracha e Seringueiros do Estado de Rondônia e representante da Secretaria de Patrimônio da União (SPU).

Durante a reunião, o secretário Antônio Carlos dos Reis falou da dificuldade que a polícia tem para realizar o policiamento ostensivo no local, em razão do espaço não possuir iluminação adequada, e ainda existe uma desorganização dos vendedores ambulantes de lanches, não havendo a delimitação dos espaços.

“A polícia sozinha não resolverá o problema da EFMM. É imprescindível a participação e a união de esforços com outros órgãos, bem como a participação efetiva do município na iluminação e reestruturação do espaço, reunindo então as  condições de se elaborar um planejamento específico”, salientou Reis.

O superintendente do Patrimônio da União (SPU) em Rondônia, Antônio Roberto dos Santos Ferreira, explicou que a área que compreende o complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré é de responsabilidade do município, todavia alertou da necessidade do trabalho em conjunto com as demais instituições públicas. “O tombamento da estrada de ferro não resolveu a situação precária que ainda se encontra. Trouxe ainda mais exigências e custos”, disse o superintendente.

Os participantes do encontro decidiram promover uma reunião ampliada no mês de agosto com a presença de representantes da Sedam, Seas, Secel, Sema, PF, Iphan, SPU,  MPE, Sindsbor, Associação Madeira-Mamoré, Prefeitura de Porto Velho, Funcultural, Santo Antônio Energia e GGI.

Fonte - decom/gov-ro

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.