News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020

CRIANÇA DO ESTADO ISLÂMICO IGNORA PEDIDOS DE MISERICÓRDIA E MATA PRISIONEIROS COM TIRO NA CABEÇA

As imagens do carrasco criança são apenas uma pequena parte de um vídeo de 22 minutos de duração divulgado pelos jihadistas no último fim de semana.
Sexta-Feira, 17 de Julho de 2015 - 11:21

Imagens angustiantes de uma criança executando prisioneiros nas margens do rio Tigre, no Iraque, em meio a um dos maiores massacres já cometidos pelos seguidores do Estado Islâmico surgiram na internet essa semana.

Filmado durante a matança do grupo em Tikrit no ano passado, o jovem é visto atirando na cabeça de pelo menos dois homens, que são arrastados até ele por outros soldados do Estado Islâmico. As informações são do Daily Mail.

Ignorando os pedidos dos presos por misericórdia, a criança segura uma pistola com ambas as mãos e, em seguida, puxa o gatilho sem dó.  Os corpos sem vida dos prisioneiros são, então, atirados na água, que muda de cor, tingida com o vermelho do sangue dos homens.

As imagens do carrasco criança são apenas uma pequena parte de um vídeo de 22 minutos de duração divulgado pelos jihadistas no último fim de semana.

Elas foram gravadas durante o massacre de Speicher, no ano passado. Trata-se de uma das maiores tragédias do Iraque da última década, com ataques que resultaram em aproximadamente 1.700 mortes.

Na ocasião, homens do Estado Islâmico capturaram soldados iraquianos na base militar de Speicher, perto de Tikrit, e os executaram em diversos locais, principalmente no antigo complexo do palácio presidencial da cidade, construído pelo ex-ditador Saddam Hussein.

O vídeo com as execuções, postado em fóruns jihadistas por seguidores do grupo extremista, mostra as vítimas implorando por suas vidas, tentando explicar que elas tinham acabado de se juntar às forças armadas do país.

Diversos jovens aparecem sendo despejados de dentro de caminhões enquanto imploram por suas vidas, antes de serem colocados em covas rasas e crivados de balas.

Outros são executados individualmente, em um massacre que continua durante a noite inteira. Os extremistas chegam a utilizar uma escavadeira para deslocar as pilhas de corpos.

De acordo com as informações do Daily Mail, o massacre foi tão vasto que os túmulos coletivos usados para enterrar as vítimas podiam ser vistos do espaço.

Cerca de 600 corpos foram exumados desde que combatentes do governo iraquiano e seus aliados retomaram a cidade de Tikrit do Estado Islâmico em abril, mas muitas das vítimas já haviam sido despejadas no rio Tigre.

O vídeo com as execuções foi divulgado quatro dias após um tribunal de Bagdá condenar 24 homens à morte por envolvimento no massacre de Speicher. O julgamento durou apenas algumas horas, com as condenações tendo sido baseadas, principalmente, em confissões que os condenados afirmaram terem sido obtidas por meio de tortura.

Fonte - R7

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.