News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Domingo, 29 de Novembro de 2020

CONSELHO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER É RECONSTITUÍDO

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semes), deu posse na manhã desta quinta-feira (16), nas dependências do Teatro Banzeiros, à nova composição do Conselho Municipal de Esportes e Lazer (CMEL).
Quinta-Feira, 16 de Julho de 2015 - 17:46

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semes), deu posse na manhã desta quinta-feira (16), nas dependências do Teatro Banzeiros, à nova composição do Conselho Municipal de Esportes e Lazer (CMEL). O secretário da Semes, Rafael Claros, empossado como presidente, explicou que havia três anos que o CMEL estava desativado. “Agora, trabalhamos não apenas pela sua reimplantação, mas também queremos realizar uma reforma estatutária, a fim de que o conselho se expanda, agregando novas representatividades da sociedade civil”, afirmou.

O CMEL agrega o poder público municipal, por meio de dois servidores representantes da Semes, e também representantes de federações, academias, associações de bairros e outras entidades civis. Sua principal atribuição é a fiscalização dos recursos públicos a serem aplicados nas atividades desportivas e de lazer do município. Também é de sua atribuição deliberar sobre formas de utilização dos recursos públicos e dos materiais e equipamentos disponíveis. O conselho deve atuar junto com a Semes, para que ela atinja aos anseios da população. “A comunidade passa a se comunicar melhor com o ente público por meio do conselho. Assim, as necessidades passam a ser mais bem atendidas”, destacou Claros.

Na solenidade de posse, o secretário municipal de Planejamento, Jorge Elarrat, que representou o prefeito Mauro Nazif, enfatizou que a aproximação entre o poder público e a sociedade civil é determinante para a boa gestão do recurso público. Disse que é a partir dessa participação que a sociedade garante maior transparência da gestão pública no cumprimento dos dispositivos constitucionais. “A sociedade precisa e deve participar das decisões do uso dos recursos públicos e do que está sendo feito em termos de prioridade. Assim é que os autênticos interesses sociais poderão ser contemplados. A reimplantação do CMEL, portanto, vem atender a esses objetivos e garantir maior capacidade de comunicação entre o poder público e os munícipes, propiciando uma gestão mais próxima dos verdadeiros anseios da sociedade”, disse o secretário.

Recentemente, a Semes adquiriu diversos materiais esportivos para serem distribuídos às escolinhas e outras formas associativas no campo dos esportes. “Daqui a duas semanas iniciaremos a distribuição desse material”, informou Claros, também explicando que a primeira tarefa da nova composição do CMEL será deliberar sobre a forma de repasse desses materiais, devendo também acompanhar sua entrega em cada um dos locais apontados, dessa forma fiscalizando esses atos. “Os materiais são de muito boa qualidade e foram adquiridos a preços muito vantajosos para o município. Saíram mais baratos do que se pode encontrar geralmente nas prateleiras de casas especializadas de qualquer ponto da Região Norte. Isso jamais foi visto anteriormente em Porto Velho. Serão beneficiadas as escolinhas já cadastradas da área urbana, distritos e comunidades rurais, mas as entidades esportivas e também as associações de bairros que ainda queiram, podem entrar em contato com a Semes para realizar seu cadastro. Mas é importante destacar que as entidades devem ser acompanhadas por profissional de educação física, que é o responsável pelo correto desenvolvimento dos esportes”, afirmou.

O calendário esportivo do município para presente ano está devidamente estabelecido, mas a composição do calendário 2016 se inicia no segundo semestre, de forma que, participar de sua efetivação, será outra importante atribuição do CMEL. 

Fonte - comunicação pmpv

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.