News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020

FUNCIONÁRIOS DE MERCADO SÃO FLAGRADOS ALTERANDO VALIDADE DE PRODUTOS VENCIDOS EM AÇÃO DO PROCON

De acordo com o Procon, os estabelecimentos vistoriados foram alvos de denúncia.
Quinta-Feira, 16 de Julho de 2015 - 10:07

Dois gerentes de loja foram presos em uma ação de fiscalização do Procon Estadual em parceria com a Decon (Delegacia do Consumidor) em supermercados do Rio de Janeiro e de Niterói, nesta terça-feira (15). Segundo os fiscais, na filial do Supermercado Extra, na rua Visconde do Rio Branco, centro de Niterói, funcionários foram flagrados alterando a data de validade de produtos já vencidos.

Ainda segundo os fiscais, na loja, foram encontradas embalagens com etiquetas com datas de vencimento desde o dia 10 deste mês e produtos já embalados com datas de hoje. Entre produtos vencidos no local os fiscais encontraram salgados, embutidos, pizzas e carnes. Também foram encontrados 3.960 potes de margarinas de 500g, somando 1980kg do produto armazenados inadequadamente. O gerente do estabelecimento foi preso e os fiscais descartaram, apenas neste supermercado, 2 toneladas e 98kg de alimentos.

Em outra filial da mesma rede, localizada na rua Desidério de Olivera, também no centro de Niterói, foram encontrados vencidos 150 kg e 672g de produtos, entre chocolates, frios, pães, embutidos e carnes.

Na ação, os fiscais também constataram que o armazenamento dos produtos estava sendo feito de forma diferente da estipulada pelo fornecedor, o que prejudica sua conservação e sua qualidade. O gerente foi levado preso para a Decon e o padeiro foi encaminhado como testemunha.

Não foram encontradas irregularidades nas filiais do Extra localizadas na rua do Riachuelo, 208, no Centro e na rua Barata Ribeiro, 189, em Copacabana.

De acordo com o Procon, os estabelecimentos vistoriados foram alvos de denúncia.

Fonte - r7

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.