News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 04 de Dezembro de 2020

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DETECTA SOBREPREÇO DE R$ 161.286,25 NO SHOW DA BANDA CIDADE NEGRA EM PORTO VELHO

O caso veio à tona depois que internautas e a imprensa começaram a questionar os valores pagos a empresa – GLAUCIA SIMÕES LAMEGO-EPP (O BECO PRODUÇÕES), para realização do show da Banda Cidade Negra, pelo valor de R$ 250.000,00.
Segunda-Feira, 13 de Julho de 2015 - 11:08

A situação do secretário Municipal de Meio Ambiente EDJALES BENÍCIO DE BRITO e do prefeito Mauro Nazif (PSB) se complica a cada dia que passa devido à realização do Show da Banda Cidade Negra no valor de R$ 250 mil reais, pois o Ministério Público de Contas detectou um sobrepreço de R$ 161.286,25.

O Ministério Público de Contas através do Procurador-Geral do Ministério Público de Contas Adilson Moreira de Medeiros entrou com uma representação com pedido de antecipação de tutela inibitória contra o  prefeito Mauro Nazif (PSB) e o secretário da SEMAS Edjales Benício de Brito.

O procurador fez vários pedidos em sua representação direcionada para ser analisada pelo Conselheiro do Tribunal de Contas de Rondônia Wilber Coimbra e diante dos indícios de ato de improbidade administrativa, na forma delineada no art. 10, inc. VIII, da Lei n. 8.429/1992, bem como dos indícios da prática do crime previsto no art. 89 da Lei n. 8.666/1993, remeta-se cópia da documentação reunida ao Ministério Público do Estado, para providências de sua alçada, conforme dispõem os artigos 102 de mesma Lei n. 8.666/1993 e 16, §3º, da Lei complementar n. 154/1996;

Clique aqui e leia na íntegra a representação.

Fonte - Assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.