News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Domingo, 29 de Novembro de 2020

REABERTURA DE ESTRADA VAI TIRAR VEÍCULOS PESADOS DO PERÍMETRO URBANO DE PORTO VELHO

O gerente da Coordenadoria de Obras (COR), engenheiro Joaquim de Souza, explica que o DER seguirá os padrões de rodovia federal.
Sexta-Feira, 10 de Julho de 2015 - 10:38

O governo estadual iniciou a reabertura da estrada conhecida como Expresso Porto ou Contorno Norte, o Anel Viário de Porto Velho, que tem a finalidade de tirar o fluxo de veículos pesados do perímetro urbano da cidade. Os trabalhos são executados pela Residência Regional do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER) na capital. O Contorno Norte começa na BR-364, ao lado das Irmãs Marcelinas, chegando à Linha PV-8, seguindo até Estrada da Penal, totalizando 21 quilômetros de extensão.

A estrada evitará o trânsito diário de aproximadamente 250 caminhões e carretas bitrem pelo perímetro urbano de Porto Velho, com destino aos portos Maggi e Bertolini, localizados ao longo da Estrada da Penal, ao Porto Graneleiro, no bairro Balsa, ou em direção aos postos petrolíferos na Estrada do Belmont, no bairro Nacional.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) tem o projeto para a pavimentação do Contorno Norte da capital. No entanto, devido à situação econômica desfavorável, o governo federal não licitará essa obra em 2015. Para resolver o problema do trânsito intenso de veículos pesados no perímetro urbano de Porto Velho, conforme o diretor-geral do DER, Lioberto Caetano, o governador Confúcio Moura conseguiu em Brasília a autorização do governo federal para o governo de Rondônia reabrir a estrada e liberar o trânsito para caminhões e carretas no Contorno Norte, mesmo em estrada de chão.

Chefe da Residência Regional do DER na Capital, José Soares, o Zezinho, estima que o trânsito esteja liberado dentro de até 90 dias. “Neste momento estamos trabalhando apenas com tratores de esteira. Quando passarmos de um quilômetro de abertura, na próxima semana, abriremos outra frente de trabalho, para fazer patrolamento e encascalhamento”, detalhou.

O gerente da Coordenadoria de Obras (COR), engenheiro Joaquim de Souza, explica que o DER seguirá os padrões de rodovia federal. Disse que a reabertura lateral é de 50 metros (25 m do eixo da pista para cada lado), sendo 12 metros de pista de rolamento com a base de cascalho com 15 cm compactados, para suportar o peso das carretas. Disse que a estrada terá sinalização em toda sua extensão. O engenheiro acrescentou, ainda, que o DER precisará implantar bueiros em alguns trechos.

EXPRESSO PORTO

O DER abriu a estrada no ano de 2008, mas por falta de recurso o projeto de asfaltamento acabou esfriando. Em 2011 o DER retomou o projeto para construir a rodovia que ganharia o nome de Expresso Porto. Porém, a suspeita de um sítio arqueológico no trajeto da rodovia acabou impedindo a conclusão do projeto básico. Em 2012 o governo federal assumiu o projeto para fazer o Contorno Norte com o objetivo de chegar até a ponte sobre o rio Madeira, na BR-319.

Agora, sem previsão do Dnit para fazer a obra, o governo estadual decidiu pela reabertura da estrada e por colocá-la em funcionamento mesmo sem asfalto.

Fonte - decom - governo de rondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.