News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020

TAXISTA, MOTOTAXISTAS, COBRADORES E MOTORISTAS DE ÔNIBUS SE UNEM CONTRA O DESMONTE DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO DA CAPITAL

Ficou acordado entre os trabalhadores, vereadores e os deputados Hermínio Coelho e Jesuíno Boabaid, uma pauta inicial constante
Sexta-Feira, 10 de Julho de 2015 - 08:31

O movimento que ganhou apoio expressivo de motoristas e cobradores de ônibus na manhã desta quinta-feira, acabou recebendo um substancial reforço de taxistas e mototaxistas na parte da tarde, todos amedrontados com os desmandos que vem acontecendo na Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de Porto Velho. O deputado Hermínio Coelho que se encontra acampado em frente à sede da prefeitura, disse hoje (09.07) que esta união é importante para lutar contra o desmonte do sistema de transporte coletivo, e os desmando e perseguições que acontecem na gestão do prefeito Mauro Nazif.

Afirmou o deputado Hermínio Coelho que todas estas categorias – taxistas, mototaxistas, cobradores e motoristas de ônibus estão ameaçadas, e trabalham preocupadas, diante do autêntico terrorismo implantado na gestão do prefeito Mauro Nazif, que persegue, ameaça e articula para retirar direitos conquistados com muita luta.

De acordo com o deputado, o prefeito ao cancelar as concessões existentes e editar o chamamento público para nova concessão do transporte coletivo urbano da capital, acabou criando um grande “rolo”: a ameaça real de desemprego e o não pagamento das dívidas trabalhistas (rescisão contratual).  Em seguida complementou que até mesmo o FGTS destes profissionais não foi depositado.

PERSEGUIÇÕES NA SEMTRAN

Afirmou Hermínio Coelho que a situação do sistema de transporte coletivo em Porto Velho é gravíssima, e ganhou contornos de crueldade, agora com a gestão do prefeito Mauro Nazif, que ameaça e chega a tomar placas de taxistas e mototaxistas. Segundo ele, agora o prefeito se insurge contra a lei municipal que garantiu a transferência da placas de táxi e mototaxis, para membros da família em caso de morte ou invalidez do permissionário.

O deputado explicou que a lei municipal serviu inclusive de base da lei federal assinada pela presidente Dilma Roussef, e agora infelizmente o perfeito alega que houve vício de iniciativa (deveria ter sido encaminhado pelo executivo), e quer mudar a legislação e ainda, retirar do texto, o artigo que garante a conquista da transferência para familiares. 

Ao final da tarde desta quinta-feira (09 de julho), o deputado Hermínio Coelho (PSD), fez encaminhamento aos trabalhadores do sistema de transporte coletivo urbano de Porto Velho, acampados em frente à sede da Prefeitura da Capital, no sentido de definir as próximas ações do movimento. Foi aprovado que a partir das 6 horas desta sexta-feira (10 de julho) ocorrerá uma passeata em direção a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, como primeira tentativa de abertura de diálogo entre o executivo e a classe trabalhadora.

A mobilização na sede da Semtran contará com as participações de sindicatos, associações, cooperativas, e até representantes de outras entidades não governamentais, além do reforço de parlamentares. O deputado Hermínio Coelho destacou a importância do diálogo, de sentar na mesa de negociação, e posteriormente se firmar um Termo de Ajuste de Conduta - TAC junto ao Ministério Público do Trabalho.

Ficou acordado entre os trabalhadores, vereadores e os deputados Hermínio Coelho e Jesuíno Boabaid, uma pauta inicial constantes dos seguintes itens: Revisão do chamamento para a concessão de ônibus e transferência da gestão do sistema de transporte coletivo para a gestão direta dos trabalhadores, por um período determinado. Caso as propostas iniciais não avancem, então a orientação seguirá no sentido de que com a entrada da nova permissionária do transporte coletivo – ônibus,  seja garantido através de documento, o emprego de todos os atuais trabalhadores, e o pagamento das indenizações trabalhistas, inclusive o FGTS.  Da parte dos taxistas e mototaxistas, a principal luta será no sentido de se buscar a garantia da permanência da legislação atual, que garante transferência da concessão a familiares, em caso de morte ou invalidez do permissionário.

O movimento em apoio aos taxistas, mototaxistas, cobradores e motoristas de ônibus conta com o apoio dos seguintes parlamentares: vereador Marcio Passeli, vereador Eduardo Rodrigues, vereador Jose Wildes, vereador Sid Orleans, vereador Jurandir da Bengala, vereador cabo Anjo, vereador, Junior Siqueira, vereadora Maria de Fátima – Fatinha, vereador Everaldo Fogaça, deputado Jesuíno Boabaid, e o deputado Hermínio Coelho

Fonte - assessoria

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.